Alagoas

Radialista Rui Agostinho morre por complicações da Covid-19 aos 69 anos

Redação TNH1 | 06/06/21 - 14h06 - Atualizado em 06/06/21 - 16h20
Reprodução / Instagram

Alagoas perdeu nesta madrugada mais um profissional da comunicação por causa da Covid-19. O radialista Rui Agostinho Campos morreu neste domingo, 6, aos 69 anos, após complicações causadas pela doença. 

Rui Agostinho era natural do Rio de Janeiro e morava em Alagoas desde 1972. Ele trabalhava na Educativa FM, emissora vinculada ao Instituto Zumbi dos Palmares (IZP). 

"É com enorme pesar que lamentamos o falecimento do nosso gerente da Rádio Educativa FM, Rui Agostinho, em virtude da Covid-19. Manifestamos aqui nossos profundos sentimentos e nossos sinceros sentimentos à família, amigos e colegas de emissora. Rui teve uma longa e brilhante carreira como radialista, músico, compositor, cantor e professor, abrilhantando o trabalho da nossa rádio com sua sensibilidade e voz inconfundível", lamentou a Educativa nas redes sociais.

“Diretores e funcionários do Instituto Zumbi dos Palmares, (Rádio Educativa FM, Rádio Difusora AM, Radio Educativa FM, Arapiraca e TV Educativa) estão profundamente consternados, com falecimento do querido companheiro Rui Agostinho, mais uma vítima do Covid-19. Externamos aos parentes e amigos o nosso mais profundo voto de pesar, rogando ao Pai Eterno que o receba em sua morada”, publicou o IZP, por meio do presidente Augusto César. 

Rui era radialista, professor, compositor e músico. Ele trabalhou também na Rádio Difusora e Rádio Jornal de Hoje, e foi homenageado no Prêmio Odete Pacheco.