Polícia

Reeducando é assassinado por outro após briga durante trabalho em fábrica de colchão

TNH1 | 25/02/21 - 10h15
Autor do crime se apresentou no Complexo Prisional de Alagoas | Google/Maps

Um reeducando do Sistema Prisional alagoano foi morto com golpes de objeto pérfuro-cortante enquanto trabalhava em uma fábrica de colchão no bairro de Cidade Universitária, em Maceió, nessa quarta, 24. O suspeito do crime é outro presidiário e os dois estavam de serviço no local com o intuito de redução da pena.

Segundo o relatório de ocorrências do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), o homicídio aconteceu dentro do estabelecimento do núcleo de ressocialização. A vítima tinha 43 anos e teria se desentendido com o autor dos golpes. A motivação da briga não foi revelada.

Uma equipe do Samu foi acionada para o resgate e se deslocou para a fábrica numa Unidade de Suporte Avançado (USA). Porém, ao examinar a vítima, os profissionais constataram o óbito dela. O corpo do homem apresentava ferimentos na região da cabeça.

Após o crime, o assassino, de 54 anos, se apresentou no Sistema Prisional e foi preso em flagrante por policiais penais. Ele e a vítima não tiveram os nomes informados.

O homicídio mobilizou militares do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd), agentes da Delegacia de Homicídios (DHPP) e da Polícia Penal, e profissionais do IC e do IML.