Nordeste

Reitoria da UFPB suspende uso de ar-condicionado para economizar

Com agências | 05/09/19 - 10h47 - Atualizado em 05/09/19 - 13h06

A reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) suspendeu o uso de ar-condicionado nas dependências da instituição como forma de economia, em virtude do contingenciamento e bloqueio de verbas pelo governo federal. A medida foi comunicada por meio de ofício enviado a pró-reitores, diretores e gestores prediais.

Não são atingidos os locais onde o uso do ar-condicionado é imprescindível, como laboratórios, espaços onde funcionam equipamentos que demandam refrigeração ou salas sem janelas. O aparelho deve ser ligado em 23ºC, quando houver necessidade do uso.

A reitoria também solicitou à comunidade acadêmica que seja feito um uso racional da iluminação.

De acordo com o comunicado, a UFPB permanece com 30% do orçamento contingenciado, o que corresponde a R$ 49,6 milhões destinados à manutenção.