Economia

Saiba quanto os 10 maiores bilionários do mundo ganharam em 2021

Época Negócios | 31/12/21 - 13h43 - Atualizado em 31/12/21 - 13h50
Flickr / Creative Commons / Reprodução

Cada um dos dez maiores bilionários do mundo tem hoje um patrimônio acima de US$ 100 bilhões - ou  R$ 557 bilhões, de acordo com o Bloomberg Billionaires Index. Alguns deles, como Bill Gates e Jeff Bezos, já tinham esse tipo de fortuna faz tempo. Outros alcançaram a marca neste ano. Juntos, os dez abocanharam mais US$ 402 bilhões em 2021 - ou seja, mais de R$ 2,2 trilhões. E ninguém ganhou mais do que Elon Musk, que acrescetou US$ 121 bilhões (R$ 674 bilhões) à sua fortuna. Confira a lista completa, elaborada pela CNBC.

1. Elon Musk - Ganhou em 2021: US$ 121 bilhões. Fortuna total: US$ 277 bilhões. O fundador da Tesla se beneficiou muito do crescimento da sua empresa de carros elétricos. As ações da empresa subiram 60% neste ano, e a companhia atingiu a marca de US$ 1 trilhão de receita em outubro. Recentemente, Musk tem vendido milhares de ações da Tesla, com o objetivo de pagar uma dívida de US$ 12 bilhões associada a um pacote de opções de ações que ele recebeu em 2012.

2. Jeff Bezos - Ganhou em 2021: US$ 5 bilhões. Fortuna total: US$ 195 bilhões. Bezzos, que costumava ocupar o primeiro lugar da lista, não enriqueceu tanto quanto Musk, mas ainda assim somou mais US$ 5 bilhões à sua fortuna. Em julho, ele deixou seu cargo de CEO da Amazon: segundo ele, seu tempo passou a ser gasto em iniciativas como o Bezos Earth Fund, a Blue Origin, o The Washington Post e o fundo Amazon Day 1.

3. Bernard Arnault - Ganhou em 2021: US$ 61 bilhões. Fortuna total: US$ 176 bilhões. O CEO do conglomerado LVMH, dono de marcas de luxo como Louis Vuitton, Christian Dior e Givenchy, adicionou a bagatela de US$ 61 bilhões ao seu patrimônio, o que garantiu a ele otítulo de europeu mais rico do mundo.

4. Bill Gates - Ganhou em 2021: US$ 7 bilhões. Fortuna total: US$ 139 bilhões. Apesar de ter doado bilhões de dólares para algumas causas nas últimas décadas, Gates continua a ver sua fortuna crescer, em grande parte por causa da boa performance das ações de Microsoft - ele ainda é dono de 1% da empresa que fundou. Hoje, Gates passa a maior parte do tempo cuidando da fundação que criou com a ex-mulher Melinda Gates, e se dedicando a causas como a crise climática e o fim das pandemias.

5. Larry Page - Ganhou em 2021: US$ 47 bilhões. Fortuna total: US$ 130 bilhões. US$ 47 bilhões foi quando o cofundador do Google adicionou ao bolso em 2021. Isso se deve ao ótimo desempenho do Grupo Alphabet (que controla o Google). A empresa superou a marca de US$ 2 trilhões em receitas em novembro. Embora Page não seja mais o CEO da Alphabet, ele ainda é membro do conselho da companhia.

6. Mark Zuckerberg - Ganhou em 2021: US$ 24 bilhões. Fortuna total: US$ 128 bilhões. Única pessoa da lista com menos de 40 anos, Zuckerberg, 37, consegiu embolsar mais US$ 24 bilhões neste ano. Ele detém 13% das ações da Meta (que controla Facebook, WhatsApp e Instagram), que subiram de valor mais de 20% neste ano.

7. Sergey Brin - Ganhou em 2021: US$ 45 bilhões. Fortuna total: US$ 125 bilhões. O outro co-fundador do Google ganhou nada menos do que US$ 45 bilhões, e assim chegou pela primeira vez no patamar acima de US$ 100 bilhões. Ele é dono de 38 milhões de ações da Alphabet, o que deve garantir o crescimento da sua fortuna por um bom tempo.

8. Steve Ballmer - Ganhou em 2021: US$ 41 bilhões. Fortuna total: US$ 122 bilhões. Ballmer, que já foi CEO da Microsoft, hoje é dono do time Los Angeles Clippers, do NBA americano. Como ele embolsou US$ 41 bilhões? Com ações da Microsoft, que neste ano ganharam mais de 50% de valor de mercado. 

9. Larry Ellison - Ganhou em 2021: US$ 29 bilhões. Foprtuna total: 109 bilhões. O fundador e presidente do conselho da Oracle colheu os frutos da alta performance da companhia neste ano - a segunda melhor em 20 anos. Aos 77 anos, ele entrou para a turma daqueles com patrimônio acima de US$ 100 bilhões.

10. Warren Buffett - Ganhou em 2021: US$ 21 bilhões. Fortuna total: US$ 109 bilhões. O investidor mais famoso do mundo, CEO da Berkshire Hathaway, já declarou que quer doar a maior parte de sua fortuna. Bem, neste ano ele acrescentou mais US$ 21 bilhões aos ganhos que pode passar para a frente, caso ele queira. Aos 91 anos, ele descreveu a quantia como "incompreensível".