Alagoas

Sem água, moradores de Rio Largo fecham parte da BR-104 em protesto

TNH1 | 29/08/19 - 08h15 - Atualizado em 29/08/19 - 08h32
Manifestantes fecham parte da pista no sentido Maceió | Cortesia

Moradores do conjunto Jarbas Oiticica, em Rio Largo, fecharam a BR-104 na manhã desta quinta (29) em protesto contra a falta d'água e a falta de qualidade do produto que abastece as casas da região.

Vídeos enviados à TV Pajuçara por moradores mostram que a água é amarelada, e às vezes, ainda mais escura, quase preta. Além disso, os conjuntos Jarbas Oiticica e Antônio Lins estão desabastecidos há 4 dias. Quando o abastecimento é feito, a água é ruim, segundo os manifestantes.

Eles alegam que têm cobrado providências da Companhia de Abastecimento de Alagoas, a Casal, mas o problema continua. "Já fizemos diversas reuniões com a Casal, que promete resolver, mas não resolve", reclama Max, morador do local.

Ele conta que a água é captada em um rio próximo ao conjunto, que nos fins de semana é usado para banho, o que deixa a água suja e barrenta.

O Gerenciamento de Crises da Polícia Militar foi acionado para negociar um acordo entre as partes e manter parte da pista liberada para o tráfego. O protesto só ocupa parte da via no sentido Maceió.

A Casal informou por meio da assessoria de comunicação que está no local para negociar um acordo com os manifestantes. A companhia ainda explicou que realizou um serviço de recuperação da rede da Estação de Tratamento de Água na terça-feira, que foi concluído só à noite, e por isso o abastecimento está sendo normalizado e deve estar completo em até 24 horas.

A demora seria maior para as casas situadas na "ponta de rede", ou seja, mais distantes do ponto de distribuição, ainda segundo a Casal.