Brasil

Seminarista é preso suspeito de furtar R$ 20 mil de paróquia no Ceará

O Povo | 29/06/19 - 09h01 - Atualizado em 29/06/19 - 09h23
Divulgação SSPDS

Um seminarista suspeito de furtar R$ 20 mil de doações de fiéis para uma paróquia do município de Alto Santo, no interior do Ceará, foi preso em ação conjunta entre as polícias Civil e Militar. O crime aconteceu no dia 4 de junho e, após investigações, o seminarista confessou o delito.

Na data do crime, ao chegar na casa paroquial, o pároco responsável se deparou com diversos objetos desordenados em um cômodo da residência. Ele se deu conta ainda da subtração da quantia aproximada de R$ 20 mil, vindos das doações de fiéis das paróquias de Alto Santo e Potiretama. O fato foi registrado na delegacia municipal e diligências começaram a ser realizadas.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a equipe policial colheu elementos suficientes que indicaram que o seminarista Diogo Martins da Silva seria o autor do crime. Diogo era um dos moradores da casa paroquial. Diante das evidências e das provas colhidas, o suspeito confessou o furto.

Foram recuperados R$ 15.261,00 e bens materiais já adquiridos por Diogo, sendo um notebook, um par de óculos, um relógio, um perfume, roupas e sapatos. Todo o material foi apreendido e restituído à Casa Paroquial. O seminarista foi autuado em flagrante por furto.