Polícia

Sequestro frustrado por militares foi motivado por dívida financeira

TNH1 | 28/09/20 - 09h20 - Atualizado em 28/09/20 - 09h51
Arquivo

O sequestro frustrado pela Polícia Militar, nesse domingo (27), em Maceió, foi motivado por uma dívida financeira entre a vítima, um colombiano, e outras três pessoas de mesma nacionalidade. A informação foi confirmada à reportagem da Rádio Pajuçara FM Maceió, pela equipe plantonista da Central de Flagrantes, coordenada pelo delegado Gilson Rêgo, na manhã desta segunda-feira (28).

De acordo com o repórter Hélio Góes, que esteve na unidade policial, os três suspeitos estavam na praia de Ponta Verde quando foram informados que a vítima estava em um shopping no bairro de Mangabeiras. O trio foi até o estabelecimento para o "acerto de contas" e obrigou o homem a acompanhá-lo.

Após deixar o centro comercial, os três amarraram a vítima e colocaram ela dentro da mala do carro Hyundai/IX35 branco. O destino do grupo de colombianos seria o município de Caruaru, em Pernambuco, onde possivelmente os três executariam o homem. Porém, a viagem foi interrompida no bairro de Benedito Bentes.

Após militares do 5º Batalhão pararem o carro, a vítima desceu do veículo amarrada com fita adesiva. Uma arma de fogo de calibre 38, seis munições, celulares, cardenetas e um relógio, que estavam com os suspeitos, foram recolhidos pelos agentes de segurança. Assim como a fita adesiva de cor verde usada para prender o homem.

O trio segue recluso na Central de Flagrantes, no Farol.