Futebol

Série B: CRB sofre virada e perde por 3 a 2 para o Operário fora de casa

Futebol Interior | 15/01/21 - 08h21
André Jonsson / OFEC

Após ficar na frente do placar por duas vezes, o CRB vacilou e perdeu de virada fora de casa. O Galo foi derrotado por 3 a 2 pelo Operário na noite dessa quinta-feira (14), no estádio Germano Kruger, pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. 

Com o resultado, o Operário chegou ao quinto jogo sem derrota, com 51 pontos, contra 52 do CSA, quarto colocado. O CRB, por outro lado, viu ser quebrada a sequência de três triunfos consecutivos no torneio e ficou com 46, longe do acesso.

O jogo

O CRB começou o jogo com a linha baixa, chamando o Operário para tentar surpreender no contra-ataque. A tática acabou tendo efeito, tanto que aos 11 minutos o clube alagoano abriu o marcador. Hyuri fez bela jogada pela direita e chutou cruzado. Martin Rodriguez bateu roupa e jogou a bola nos pés de Carlos Jatobá, que só precisou tocar para o fundo das redes.

O segundo quase saiu aos 20 minutos. Pablo Dyego arriscou de longe e contou com um desvio no defensor para jogar a bola no travessão. O mesmo atacante teve uma nova oportunidade de ampliar, mas acabou se atrapalhando e desperdiçando, após linda jogada de Hyuri.

O Operário, aos poucos, equilibrou as ações, se atirou ao ataque no fim e conseguiu o empate aos 46 minutos. Pedro Ken fez o que quis pela direita e arriscou para defesa de Edson Mardden. A bola ficou com Alex Silva, que encheu o pé para decretar a igualdade.

O segundo tempo começou com o CRB superior. Aos oito minutos, Wesley, ex-Palmeiras, Santos e São Paulo, acertou uma bonita cobrança de falta para colocar o time alagoano novamente na frente. Quando tudo indicava que a equipe conquistaria os três pontos, o Operário resolveu reagir e tomar conta da partida.

Aos 23 minutos, Schumacher fez o pivô para Jean Carlo. O atacante chapou para fazer 1 a 1. E a virada veio aos 32. Ricardo Bueno recebeu dentro da área, rodou em cima de Reginaldo e chutou sem chances para o goleiro Edson Mardden.

O CRB sentiu a virada e não conseguiu esboçar reação mesmo após as mudanças realizadas pelo técnico Roberto Fernandes.

O Operário se aproveitou do momento rival para administrar o resultado e ameaçar. Ricardo Bueno ainda teve uma grande chance de fazer o quarto, mas parou em Edson Mardden.

Próximos jogos

Na próxima rodada, o CRB enfrenta o Figueirense na terça-feira, às 19h15, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). Na quarta-feira, às 21h30, o Operário visita o Cruzeiro na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG).