Futebol Nacional

Sisu: MEC promete resolver problema em site nesta quarta

25/01/17 - 15h17 - Atualizado em 25/01/17 - 15h27

O Ministério da Educação (MEC) afirmou na tarde desta quarta-feira (25/1) que, apesar dos problemas de acesso à página do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o fim do prazo de inscrição para a edição do primeiro semestre de 2017 está mantido para as 23h59 desta sexta-feira (27).

O MEC comunicou também, por meio de nota, que as “inconsistências no sistema” estão “sendo sanadas” e que “a previsão é que até o fim do dia o sistema volte à normalidade”.

Estudantes que prestaram a segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em dezembro, enfrentam, pelo segundo dia seguido, problemas para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), aberto na terça-feira (24/1). O Ministério da Educação (MEC) havia comunicado que resolveria o impasse.

No total, são ofertadas para o primeiro semestre 238.397 vagas de graduação em 131 instituições de ensino. As inscrições ocorrem somente pela página do Sisu e se encerram na sexta-feira (27). Desde quinta-feira (19), o candidato pode consultar a lista dos cursos oferecidos.

Inscrição
Para se candidatar, os interessados precisam apenas informar o número de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e escolher, por ordem de preferência, até duas opções de cursos. As alternativas podem ser modificadas durante todo o período de inscrições.

Durante as inscrições, o sistema calcula a nota de corte para cada curso com base no número de vagas ofertadas e no total de candidatos inscritos para cada curso, por modalidade de concorrência. A nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento da seleção, não garantindo, necessariamente, a vaga desejada. O resultado da chamada regular será publicado no próximo dia 30.

Podem participar da seleção apenas os estudantes que realizaram o Enem 2016 e que não zeraram a redação. Os candidatos que quiserem integrar a lista de espera, após o resultado da chamada regular, devem se inscrever entre os dias 30 de janeiro e 20 de fevereiro.

Em nota, o Ministério da Educação (MEC) informou que as dificuldades de acesso relatadas por alguns candidatos estão sendo sanadas.