Polícia

Soldado morto por colega em Sergipe é sepultado nesta segunda em Santana do Ipanema

Eberth Lins | 21/09/20 - 10h03 - Atualizado em 21/09/20 - 10h18
Cristyano Rondynelli Gomes Melo tinha 34 anos e foi morto após suposto desentendimento com colega de farda | Foto: Reprodução / Rede Social

O soldado alagoano Cristyano Rondynelli Gomes Melo, de 34 anos, que morreu em sergipe vítima de arma de fogo, será sepultado nesta segunda-feira (21), no município de Santana do Ipanema, no Sertão de Alagoas.

De acordo com a Polícia Militar do Estado do Sergipe (PMSE), da qual ele fazia parte desde 2015, o sepultamento ocorre no cemitério municipal da cidade.

Segundo informações, após participar de uma festa no sábado (19), Cristyano Rondynelli se desentendeu com um colega de farda, um sargento identificado como Matias, que teria efetuado os disparos. O militar suspeito do crime foi preso em flagrante e a Polícia Militar de Sergipe informou que as condutas dos combatentes serão 'rigorosamente apuradas pela instituição".

Nesta segunda-feira, a corporação também emitiu uma nota de pesar onde se solidariza com familiares e amigos do soldado. "O soldado Rondynelli ingressou na Corporação em 2015 e durante cinco anos cumpriu o seu dever como policial militar e defensor da sociedade. Muito respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames", trouxe a nota.