Polícia

SSP deflagra operação contra suspeitos de tráfico de drogas; seis são presos

Ascom SSP | 11/02/21 - 09h06 - Atualizado em 11/02/21 - 10h15
Ascom SSP

A Secretaria de Estado da Segurança Pública coordenou, nesta quinta-feira (11), uma operação integrada entre a Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic) e o 8° Batalhão com objetivo de prender integrantes de uma organização criminosa envolvida com tráfico de drogas. A ação ocorreu em Maceió, Satuba e Rio Largo.

A operação foi denominada de Estrangeiro e as investigações tiveram início em setembro do ano passado, que constatou a existência de uma vez organização criminosa com atuação em Satuba. 

De acordo com as investigações realizadas pela DEIC em parceria com o 8° BPM, um homem seria suspeito de liderar a organização criminosa que atua principalmente na região do loteamento Nova Esperança, em Satuba. 

Sua esposa tinha papel fundamental no gerenciamento do tráfico durante o período em que este indivíduo esteve preso, sendo a responsável pela transmissão das ordens vindas de seu marido para os demais integrantes da organização, como também assumia a função de gerente financeira ao realizar o controle e registro das drogas que estavam sendo vendidas. Cabia a ela realizar cobranças e gerenciar os depósitos dos valores arrecadados com o tráfico. 

As polícias ainda identificaram outro homem que tinha a função de gerente operacional da organização criminosa, sendo o responsável pelo repasse das porções de drogas para os indivíduos que comercializam os entorpecentes e pela cobrança dos valores arrecadados. 

Havia ainda a participação de outras pessoas nesta Orcrim, que comercializavam os produtos ilícitos.  

Com base em provas técnicas, a Deic representou pelos mandados e a 17ª Vara Criminal da Capital acolheu o pedido, expedindo nove mandados de prisão e 13 de busca e apreensão. 

Os policiais prenderam quatro homens, entre elas o líder da organização, outras duas mulheres, e apreenderam várias munições, uma pistola calibre 380, um revólver calibre 38, além de porções de maconha e cocaína prontas para comercialização. 

O efetivo participante

Para o cumprimento dos mandados durante a operação integrada foram empregados policiais militares do 8º Batalhão, Batalhão de Operações Especiais (BOPE), Batalhão de Radiopatrulha(BPRP) e agentes da DEIC.

Todos os presos e materiais apreendidos foram encaminhados para a sede da DEIC, no bairro da Santa Amélia, para a confecção dos procedimentos cabíveis.

A população é grande parceira das forças de segurança no combate ao crime em Alagoas e pode contribuir com o trabalho das polícias realizando denúncias sobre homicídios, tráfico de drogas, roubos, organizações criminosas e outros crimes por meio do Disque Denúncia. 

As informações podem ser repassadas, de forma anônima e gratuita, por meio de ligações para o 181.