Polícia

Suspeita de planejar morte do marido sai do presídio para prisão domiciliar

Eberth Lins | 07/02/19 - 12h07 - Atualizado em 07/02/19 - 12h08

A empresária Suely Morais Amaral, suspeita de planejar a morte do marido, o também empresário Jaetts Ferreira Junior, deixou o Sistema Prisional na manhã desta quinta-feira (07). O pedido da defesa, que alegou dependência direta da suspeita por parte de um filho com deficiência, foi aceito e a Justiça concedeu prisão domiciliar.

A mulher estava presa desde o último dia 29, conforme mandado expedido pela 17ª Vara Criminal da Capital, durante a Operação Viúva Negra da Polícia Civil.

No mês passado, Jaetts Ferreira foi dado como desaparecido e reapareceu, já durante a operação policial, que revelou a trama de Suely, em parceria com o filho, Igor Casado Morais, para matar o marido. Igor Casado, enteado da vítima, segue preso no Sistema Prisional.

A trama para matar Jaetts Ferreira foi descoberta pela polícia, no entanto, o caso é tido como impunível, uma vez que o plano para a execução não se consumou. Pesam ainda sobre os suspeitos acusações de crimes como lavagem de dinheiro e organização criminosa.