Polícia

Suspeito de estuprar filha morre após ser agredido com pedradas e pauladas em Rio Novo

TNH1 | 02/05/21 - 16h28 - Atualizado em 02/05/21 - 17h37
Arquivo TNH1

O homem identificado como Jarbas Ferreira da Silva, de 55 anos, foi agredido até a morte por ser suspeito de estuprar a própria filha, de apenas cinco anos, no bairro de Rio Novo, em Maceió.

O crime de justiçamento - quando a população agride um infrator como forma de fazer justiça com as próprias mãos - aconteceu no sábado, e foi divulgado no relatório de ocorrências do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) deste domingo (02).

Segundo a Polícia Militar, Jarbas foi encontrado em decúbito dorsal e com o crânio esmagado. O crime foi cometido pelos vizinhos dele, que utilizaram pedras e pedaços de madeira para atacá-lo.

Os moradores da região informaram que Jarbas criava a menina sem a mãe, que abandonou a criança logo após o nascimento. A população já desconfiava dos abusos sexuais, que inclusive já foram relatados pela própria vítima. Mas, o flagrante teria ocorrido no feriado de ontem.

Além do 4º Batalhão da PM, equipes do Samu, do IC, do IML e da Delegacia de Homicídios estiveram no local do crime.

A criança foi deixada sob os cuidados do Conselho Tutelar da região.