Polícia

Suspeito de sequestrar e dopar enteado de 10 anos é capturado pela polícia em Igaci

TNH1 | 10/09/21 - 11h50 - Atualizado em 10/09/21 - 12h12
Crime aconteceu na cidade de Igaci | Reprodução/Youtube

Um homem foi preso pela polícia por ter sequestrado o enteado de apenas 10 anos no município de Igaci, no Agreste de Alagoas. A investigação mostrou que o crime foi cometido pelo padrasto para forçar a mãe da vítima a manter o relacionamento com ele. A criança foi encontrada viva em um terreno baldio na madrugada da última quinta-feira (9).

A escrivã Luana Paiva contou, em vídeo divulgado pela assessoria da Polícia Civil de Alagoas, que a mãe do menino tinha um relacionamento de aproximadamente dois anos com o suspeito, mas sofria agressões e queria fugir de casa. Numa tentativa, o homem conseguiu alcançar a criança e desapareceu com ela.

"Em relação aos fatos ocorridos na madrugada do último dia 9 na cidade de Igaci, que envolveu os crimes de sequestro e descumprimento de medida protetiva, nós tomamos conhecimentos que a vítima mantinha com o autor um relacionamento de pouco mais de dois anos. E ele havia sido preso recentemente por praticar violência doméstica contra ela", iniciou.

"Desde a saída da prisão, ele vem forçando a vítima a manter o relacionamento por meio de ameaças a familiares dela. Na madrugada, a vítima viu a oportunidade de fugir e pediu ajuda de seus parentes, sendo que durante o resgate, o autor conseguiu sequestrar um dos filhos da vítima, uma criança de apenas 10 anos", continuou a policial.

Ainda de acordo com Paiva, a criança foi encontrada desacordada no terreno baldio. "O autor, em seu interrogatório, confirmou que depou a vítima com medicamento Clonazepam. O autor foi preso e autuado em flagrante pelos crimes de sequestro qualificado e descumprimento de medidas protetivas referentes à Lei Maria da Penha", concluiu

O homem permaneceu recluso na unidade policial e agora está à disposição da Justiça.