Polícia

Suspeitos de matar PM alagoano em Porto de Galinhas são presos

Ana Carla Vieira | 22/11/20 - 09h03 - Atualizado em 22/11/20 - 09h22
Cortesia

Foram presos pela Polícia Civil de Pernambuco os dois suspeitos do assassinato do Soldado Bulhões em Porto de Galinhas. De acordo com informações do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), onde o PM alagoano era lotado, a dupla foi identificada como Moreira e Cabelão. 

Moreira foi preso na tarde desse sábado (21) e levado para a delegacia de Porto de Galinhas. Já Cabelão foi encontrado em casa no início da noite de sábado, admitiu aos policiais que pilotava a motocicleta e disse que foi Moreira o autor dos disparos.

Segundo o delegado, uma testemunha do crime também reconheceu Moreira como a pessoa que atirou no jovem policial. Ainda não foram divulgados detalhes sobre o que os suspeitos disseram em depoimento.

Os dois presos serão encaminhados à delegacia de homicídios de Recife para os procedimentos cabíveis, onde ficarão à disposição da justiça do Estado de Pernambuco. 

Nas redes sociais, circula um vídeo que mostra o momento que seria a prisão de Cabelão.

"Infelizmente a vida do nosso combatente não traremos de volta, mas pelo menos poderemos sepultá-lo com a sensação de dever cumprido, aliviando um pouco o coração da família, de seus colegas de farda e amigos", disse o comandante do BPRv, tenente-coronel Liziário.