Polícia

Tiros, socos e chutes: vídeo mostra truculência de PMs durante abordagem em Piaçabuçu

TNH1 | 03/03/21 - 07h24 - Atualizado em 03/03/21 - 10h28

Um vídeo registrado por um popular mostra a truculência cometida por militares do 11º Batalhão durante abordagem contra dois homens em uma estrada vicinal de Piaçabuçu, a 135 quilômetros de Maceió. Os policiais agrediram a dupla com socos e chutes e ainda efetuaram disparos de arma. 

Assista:

Nas imagens, três militares, já fora da viatura, começam a conversar com os dois homens. Um dos PMs, por motivo ainda desconhecido, dá um pontapé e um tapa no rapaz que usa boné e veste camisa branca. Depois, ele volta a agredir o homem, que ameaça reagir.

Nesse momento, os outros agentes partem para cima do jovem, também cometendo agressões. Ainda não se sabe o que foi dito entre eles.

Na sequência, os três PMs cercam o homem com a camisa azul e também o atacam com socos e chutes. Para intimidar, os agentes atiram na direção dos pés dos jovens, mas eles não teriam ficado feridos pelos tiros.

Após as agressões, os policiais entram na viatura e deixam o local. A dupla, já liberada, segue o caminho que vinha fazendo, empurrando uma bicicleta.

Afastamento dos PMs

Em nota, o 11º Batalhão da PM afirmou que tomou conhecimento do caso após divulgação do vídeo nas redes sociais e já afastou os agentes envolvidos na abordagem.

A polícia garantiu que vai ser aberta uma investigação para apurar os fatos e que providências administrativas e penais estão sendo tomadas. Por fim, a corporação destacou que é contra qualquer excesso praticado pelos policiais.

"O 11º Batalhão de Polícia Militar informa que tomou conhecimento do caso através de um vídeo, que está circulando em redes sociais, e que de imediato, adotou as medidas cabíveis, afastando a guarnição, e que será aberta uma investigação para apurar devidamente os fatos, e que já estão sendo tomadas todas as providências administrativas e penais em relação a este. Informamos também que não somos coniventes com qualquer ato de excesso praticado por agentes de segurança pública, prezando pela ética, dignidade e respeito aos direitos humanos e a preservação da ordem pública".

A Polícia Militar também se pronunciou sobre a ação dos policiais e destacou que as pessoas que se sentirem ofendidas ou lesadas com qualquer tipo de abordagem podem realizar a denúncia na Corregedoria da corporação.

Veja na íntegra:

A Polícia Militar de Alagoas informa que, tão logo tomou conhecimento do fato, o Comando-Geral da Corporação determinou que o comando do 11º Batalhão retirasse a guarnição do serviço operacional e que a Corregedoria-geral instaurasse o devido procedimento administrativo para apurar a conduta dos militares envolvidos na ocorrência. O Comandante-geral da PM reforça ainda que não corrobora com possíveis desvios de conduta de seus integrantes e as pessoas que se sentirem ofendidas ou prejudicadas em tais situações devem denunciar junto ao órgão correcional da Instituição.

Polícia Militar de Alagoas: Sua segurança, nossa missão!