Brasil

Tornado arranca mais de 100 árvores e deixa casas destelhadas no interior de São Paulo

Jovem Pan | 11/10/21 - 17h26 - Atualizado em 11/10/21 - 17h41
Defesa Civil Pirassununga

Um tornado ocorrido no último sábado, 9, causou prejuízos à cidade de Pirassununga (SP), localizada a 211km da capital paulista. Mais de 100 árvores foram derrubadas, dezenas de casas foram destelhadas e estruturas ficaram comprometidas. Os ventos chegaram a até 70km/h e 42mm de chuva caíram no município em apenas 40 minutos, deixando estragos principalmente na zona sul e no centro, segundo a Secretaria de Segurança Pública local. A prefeitura de Pirassununga decretou estado de calamidade pública por conta dos prejuízos em fiações elétricas e alagamento de prédios, como o da Santa Casa e o da própria prefeitura. Com os danos, os serviços de energia elétrica e internet foram interrompidos em parte do município. Não houve registros de feridos ou desabrigados e governos de cidades próximas enviaram ajuda.

“Estamos sem condições de realizar partos. Transferimos doentes daqui para Leme, porque não temos condição de manter aqui na Santa Casa”, afirmou em vídeo publicado nas redes sociais Dimas Urban, prefeito de Pirassununga e médico, que estava de plantão na Santa Casa da cidade. O hospital local sofreu uma inundação, que atingiu o pronto-socorro e o centro cirúrgico. Vacinas, que precisam de refrigeração, foram levadas para Piracicaba para não serem perdidas. Ainda há o temor de que o fornecimento de água passe por problemas – embora esteja funcionando, ele depende do funcionamento de bombas acionadas por eletricidade. Pirassununga deve ser atingida por mais chuvas nesta segunda, 11, e na terça, 12, enquanto o tempo abre na quarta,14 e volta a fechar a partir de quinta, 15, segundo o site ClimaTempo.