Polícia

Vídeo: criminoso arromba grade de delegacia e furta submetralhadora em Maceió

TNH1 | 23/12/20 - 07h51 - Atualizado em 23/12/20 - 09h48
Reprodução

O 7º Distrito Policial, situado no bairro de Pitanguinha, em Maceió, foi invadido e uma submetralhadora foi furtada pelo criminoso, na manhã da última segunda-feira, 21. A ousadia do invasor foi registrada por câmeras de segurança e o vídeo foi divulgado pelo Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) na noite dessa terça, 22.

Segundo informações da polícia, os agentes encontraram a grade da delegacia arrombada e perceberam que a submetralhadora Taurus .40, além de 80 munições, havia sido levada pelo bandido. A distrital é fiscalizada por videomonitoramento.

Veja as imagens:

Em uma das filmagens é possível ver o homem arrombando a janela da sala de armas, porém o alarme não disparou. Ele usa uma máscara e deixa o local com mais de uma sacola plástica. 

Para o Sindpol, o fechamento das delegacias à noite fortalece a criminalidade, precariza o atendimento à população, fragiliza os bairros diante da violência e do crime organizado. "A delegacia é o primeiro local procurado pela vítima de violência. Com a delegacia aberta, os policiais civis previnem a violência", esclarece o presidente do Sindpol, Ricardo Nazário.

A Polícia Civil afirmou, por meio de nota, que o crime está sob investigação e que equipes estão nas ruas para prender o criminoso, além de recuperar a arma. Leia abaixo:

"A Polícia Civil investiga a situação envolvendo o arrombamento do prédio do 7° DP com a subtração de uma arma pertencente a instituição.

Quanto a questão do prédio estar fechado a noite é uma situação que ocorre a muito tempo, pois há anos não existia atendimento no horário noturno na  unidade policial, e em virtude disso a direção da PC remanejou os policiais para o expediente onde puderam trabalhar em investigação, aumentando a equipe investigativa da Delegacia, pensando em melhorar as ações de resposta às demandas da sociedade.

Quanto ao sistema de vigilância eletrônica, é um mecanismo que existe em outras forças de segurança, não só em Alagoas, mas em outros estados. 

É claro que também passará por uma análise criteriosa visando  esclarecer o que aconteceu, e, confirmado possível falha,  terá sua situação revista pela direção da instituição.

Desde que tomou conhecimento do ocorrido a Delegacia Geral determinou todo rigor e agilidade na apuração do caso, bem como equipes estão nas ruas para prender o criminoso e recuperar o material furtado."