Maceió

Vídeo: homem é morto após tentar impedir depredação de ônibus por torcedores

09/05/16 - 09h15 - Atualizado em 09/05/16 - 09h22
Reprodução / TV Pajuçara

Pelo menos duas mortes que podem ter relação com o clima de violência registrado após a decisão do clássico entre CSA e CRB foram registradas nesse domingo (8) em Maceió.

O primeiro caso ocorreu no conjunto Cambuci, parte alta de Maceió, onde o jovem Leandro da Silva Lima, de 21 anos, foi assassinado a facadas após tentar impedir que os amigos depredassem um ônibus que passava pela rua, com passageiros que comemoravam a vitória do CRB por 1X0 sobre o CSA.

De acordo com testemunhas, Leandro e os amigos estavam na principal avenida do conjunto quando avistaram um coletivo com torcedores do CRB, que voltavam do Estádio Rei Pelé. Eles combinaram de atirar pedras contra o veículo, mas Leandro teria tentado convencê-los a não praticar o ato de vandalismo

Parentes contaram à equipe da TV Pajuçara que os colegas de Leandro se revoltaram contra ele e o feriram usando uma arma branca, provavelmente uma faca. Ele morreu antes da chegada do socorro.

Veja Vídeo:

O segundo caso foi registrado nas imediações do Aeroclube, no bairro do Tabuleiro do Martins, também na Capital, momentos depois.

O torcedor Cláudio Henrique Pino da Silva, de 28 anos, estava com a esposa em um bar na Rua Solimões, quando uma discussão com outro cliente se iniciou. Cláudio vestia uma camisa da “Mancha Azul” e foi morto a tiros pelo desconhecido.

Chocada, a mulher que estava com a vítima no bar deixou o local sem condições de passar mais informações para a polícia. Outros clientes que estavam no local confirmaram para a PM que a briga foi por conta da rivalidade entre os times.

Veja vídeo:

Para ambos os casos, o Instituto de Criminalística e o IML foram acionados. Ainda não há pistas dos responsáveis pelos crimes.