Maceió

Vídeo: homem escala prédio e rouba celulares em apartamento, no Farol

Ladrão rasgou a tela da varanda, entrou no quarto e roubou pertences enquanto pai e filho dormiam

Redação TNH1 | 19/11/21 - 14h52 - Atualizado em 20/11/21 - 07h43
Cortesia ao TNH1

Moradores de um condomínio localizado na rua Clementino do Monte, no bairro Farol, ficaram apavorados após descobrirem que um homem escalou varandas e invadiu um apartamento no segundo andar do prédio, na parte alta de Maceió. Uma câmera na sala do apartamento registrou a ação do ladrão, no início da madrugada dessa quinta-feira, 18. Veja no vídeo abaixo

Ao TNH1, a namorada do dono do apartamento relatou que o homem invadiu a residência e entrou no quarto onde o companheiro dela e o filho dele de apenas 8 anos de idade estavam dormindo. O ladrão levou dois aparelhos celulares, R$ 50 em espécie e por pouco não furtou também um notebook.  

"O cara entrou pela varanda, entrou na casa, entrou no quarto dele, onde ele estava dormindo com o filho de 8 anos. Roubou o iphone do meu namorado, o celular do menino e R$ 50 que estava na mesinha. Arrodeou a cama, pegou o notebook dele, tem digitais lá, quando ele fez a volta para sair com o notebook, alguém deve ter se mexido, ele se assustou e deixou o notebook no chão. Quando meu namorado acordou, viu o notebook no chão e achou super estranho. Pensaram que a criança tinha cortado a tela, tinha escondido os celulares. Mandaram até o menino cortar a tela com a tesoura para ver, o menino nem conseguia. Aí acharam estranho, mas até então ninguém sabia de nada. E a sindica tinha falado comigo logo cedo, perguntando se eu sabia de algum roubo no outro condomínio. Eu disse que não estava sabendo. Quando foi umas 17h, que eu falei com meu namorado, ele me contou sobre isso da tela e que tinha perdido os celulares dentro de casa. Quando ele me disse isso, a ficha caiu na mesma hora. Passaram as imagens do cara para a gente. Todo mundo entrou em pânico ontem à noite. (A região) Aqui está morta, não tem segurança nenhuma aqui atrás. A gente está totalmente abandonado nesse pedaço que ficou, complicado. Está todo mundo com medo", detalhou a moradora.

"O cara aparentemente entrou numa casa abandonada aqui do lado, foi até o final, pulou o muro e entrou no condomínio. Tem uma lixeira que é alta, e o cara é alto e magro. Ele subiu pelo muro, tem marcas, e foi que nem um gato. O bicho na maciota foi que nem um gato, subiu no primeiro andar, que tem grade. Aí foi para o segundo, que tem uma lona de plástico transparente. Tem lá a marca da mão. A perícia veio para fazer a marca. Aí o cara entrou no apartamento e roubou uma coisa lá, não sei o que foi. De lá, pulou para o nosso. O nosso tem uma saia para proteger, porque o azulejo está caindo. Aí essa saia facilitou para ele pular para o nosso e subir pela saia para o primeiro andar. O primeiro andar tem grade, então ele usou de apoio para subir de apoio e ir para o segundo, que é o apartamento do meu namorado, que não tem grade, é só tela. Ele foi na tela da varanda e rasgou. A janela estava aberta, quem ia imaginar?", completou.

Ainda de acordo com ela, os porteiros do condomínio também estão com medo. "Fica um em cada período. Aquele vão enorme do prédio para dar conta de madrugada, lá atrás tudo escuro. Agora que aconteceu essas coisas, a sindicância está procurando saber como faz para colocar lâmpada, holofote, câmera, sensor". 

A reportagem fez contato com a Polícia Militar (PM) para saber como está o patrulhamento na região do Farol próxima ao Pinheiro, um dos bairros afetados pela instabilidade de solo e que foi praticamente evacuado, mas até a manhã deste sábado, 20, não havia recebido retorno. O TNH1 também tentou ouvir a Polícia Civil (PC) para saber o andamento da investigação, já que foi registrado o boletim de ocorrência, mas até o momento também não obteve resposta. Tão logo PM e PC se manifestem, as informações serão incluídas na matéria.

Cortesia ao TNH1
Cortesia ao TNH1
Cortesia ao TNH1
Cortesia ao TNH1
Cortesia ao TNH1
Cortesia ao TNH1
Cortesia ao TNH1
Cortesia ao TNH1