Brasil

Vídeo: milhares de pessoas são ‘trolladas’ em oferta fake de empregos em PE

Redação com TV Jornal | 21/11/18 - 15h07 - Atualizado em 21/11/18 - 22h04
Reprodução TV Jornal

Com 700 mil desempregados no estado de Pernambuco, uma suposta seleção de emprego levou milhares de pessoas ao Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife, na última terça-feira, 20. As oportunidades seriam para trabalhar em diversas áreas, em um centro de compras que supostamente seria construído na cidade em apenas 22 horas, até o dia 1º de dezembro. No entanto, a história foi inventada por um jovem que sofre de problemas mentais. 

Uma fila com mais de 3 mil de pessoas se formou na cidade e gerou uma confusão. A polícia precisou comparecer ao local para resolver a situação. Elas estavam atrás das vagas oferecidas, divulgadas através de um perfil no Instagram. 

O rapaz que publicou as ofertas chegou a dar entrevista a jornais e emissoras de TV, alegando que o estabelecimento seria construído em tempo recorde para oferecer as 520 vagas oferecidas. 

O desespero para conseguir uma das vagas levou a momentos de tensão e tumulto no galpão onde seria feita a falsa construção, na BR-101. Algumas pessoas, com medo de não conseguir entrar para fazer a entrevista, começaram a jogar os currículos pelos buracos dos alambrados.

Seguranças com facas na cintura e com cassetetes, contratados pelo shopping, tentavam controlar a multidão. A quantidade de gente até dificultou o tráfego de caminhões na área, que é o distrito industrial do Cabo de Santo Agostinho.

Problemas mentais

A família do jovem entrou em contato com a polícia na tarde de ontem para levar laudos provando que ele possui problemas mentais. 

Os familiares disseram ainda que ele está fazendo acompanhamento especializado para tratar o transtorno bipolar e que não é a primeira vez que ele cria esse tipo de situação. A mãe dele disse que ele realmente acredita que vai construir um shopping na cidade.

Assista à reportagem da TV Jornal: