Brasil

Vídeo mostra assalto à mão armada contra prefeito de RS que fazia live e estava a pé

TNH1 com Gaúcha ZH | 14/06/24 - 10h02
Reprodução/Video

O prefeito de Estância Velha/RS, Diego Francisco, foi vitima de assalto no final da tarde da última terça-feira (11) após passar pelo centro da cidade depois do expediente. O crime contra o gestor do município gaúcho viralizou nas redes sociais pois ele foi rendido no momento em que fazia uma live enquanto caminhava a pé. Os suspeitos já foram presos.

Diego Francisco contou que pediu ao chefe de gabinete que o deixasse próximo a uma loja onde compraria os brigadeiros prediletos do filho, o pequeno Vicente, de 4 anos. De lá, seguiria caminhando para casa. Mas, por volta de 19h, ele ouviu o som de cães agitados e de passos acelerados. Quando se aproximava da esquina de casa pela lateral de um muro alto, deparou-se com dois homens que o abordaram na Rua Tobias Barreto. Um dos suspeitos estava armado.

— Eles estavam bem descontrolados, muito alterados e agressivos. Gritavam muito. Um ficou mais à frente gritando e outro ficou uns três metros atrás só observando com aquela arma. Eu pensei que iam me matar, realmente tive muito medo — relata.

Francisco diz que voltou para casa andando porque gosta de caminhar. No momento da abordagem, ele gravava um vídeo para suas redes sociais no qual brincava dizendo que ficou sem carona e que fez compras pelo caminho. A gravação encerra de modo abrupto quando o telefone aparentemente cai e uma voz masculina ordena ao prefeito que pare.

Ele conta que entregou o celular e o criminoso pediu sua senha. Na sequência, mandou que ele corresse em outra direção. Ele entregou o aparelho e correu em direção à Rua Humberto de Campos até a casa de um amigo que o acolheu. De lá, acionaram a Brigada Militar e a Guarda Municipal.

— É um misto de sentimentos porque fica aquele susto, mas ao mesmo tempo um alívio, e, também, um sentimento de gratidão. Eu realmente achei que poderiam me matar porque estavam muito agressivos. Também agradeci muito pelo meu filho não estar junto — desabafa.

Suspeitos foram presos

No fim da noite de quarta-feira (12), três suspeitos foram presos. Câmeras de videomonitoramento do cercamento eletrônico flagraram o momento em que os dois homens que abordaram o prefeito retornam ao automóvel Corsa Classic de cor prata, onde um terceiro homem os aguardava.

Segundo o delegado Rafael Sauthier, a Polícia Civil, a Brigada Militar e a Guarda Municipal fizeram buscas pelos suspeitos e efetuaram a prisão por volta de 22h, em uma localidade conhecida como Beco das Camangas. A arma usada para o crime era falsa e foi apreendida.

O celular do prefeito foi recuperado com trio e devolvido a ele. Os três foram autuados em flagrante por roubo qualificado. A polícia solicitou a prisão preventiva dos homens. Todos tinham antecedentes, entre os quais, há registros por tentativa de homicídio, tráfico de entorpecentes e roubo qualificado.

O Ministério Público deu parecer favorável, mas o Judiciário só converteu duas prisões em flagrante para preventivas. O terceiro homem ficou em liberdade, mas usando tornozeleira eletrônica.