Alagoas

Vídeo: pai procura filha de 14 anos que saiu de casa há uma semana

Redação TNH1 | 11/09/19 - 16h52
Divulgação

O pai de Maria Rita Vanderlei Cabral, a adolescente de 14 anos que desapareceu após sair de casa nas primeiras horas do dia 4 de setembro, em Maceió, participou do programa Fique Alerta, da TV Pajuçara, nesta quarta-feira, 11, e revelou que segue sem notícias da jovem. Ele também contou que continua à procura dela e destacou o comportamento da menor momentos antes de fugir. 

Assista à reportagem:

Segundo Jadson Cabral, a adolescente foi morar com ele no dia 2 de setembro, dois dias antes de sair de casa. "Ela começou a morar em Palmeira dos Índios, em janeiro deste ano, com a mãe e as irmãs, e não se adaptou. Eu conversei com a mãe dela e chegamos a conclusão que seria melhor que ela morar comigo em Maceió”, disse. “Eu fui buscá-la e percebi ela chorosa no caminho. Mas no outro dia já estava melhor, feliz, tudo tranquilo", acrescentou.

O pai de Maria Rita afirmou que identificou, através de câmeras de segurança, que a jovem deixou a residência por conta própria. “Na manhã de quarta-feira, dia 4, quando eu acordei para arrumar meu filho mais novo para ir para a escola, vi que a porta estava aberta. A primeira coisa que olhei foi o quarto dela, e verifiquei que ela não estava mais na cama. Comecei a procurar, a puxar pelas câmeras, e vi que ela realmente saiu de casa”, lamentou Jadson.

Ele disse ainda que está com saudades da filha e que espera que ela retorne o mais breve possível para a casa dele, em Maceió, ou para a da mãe, em Palmeira dos Índios. Jadson também explicou que Maria Rita não constuma andar nas ruas sem o óculos, já que possui um grau forte na visão.

“Até agora não tivemos notícia, mas cremos que ela está bem, pois ela não tinha problema com nada que prejudicasse sua vida. Acreditamos que seja devido a vinda dela pra cá, sem ter aceitado, o pensamento de adolescente, uma forma de chamar a atenção”, explicou.

Quem tiver qualquer informação sobre a localização da Maria Rita pode entrar em contato com os familiares através dos números de telefone (82) 99182-0121, (82) 99974-2950 ou (82) 2122-5220.


"