Polícia

Vídeo: polícia esclarece morte de menina de nove anos em Campo Grande

Eberth Lins | 14/02/19 - 13h00 - Atualizado em 14/02/19 - 13h00
Polícia refez trajeto de criança encontrada morta | Reprodução

O mistério acerca da morte da menina Maria Iolanda Ribeiro da Silva, de nove anos, em Campo Grande, no Agreste alagoano, está esclarecido, segundo a polícia.

Nesta quinta-feira (14), o delegado do caso, Igor Diego, esteve no local onde a criança foi encontrada morta com ferimentos na cabeça e no ouvido, no último dia 10, e refez os passos da menina que, possivelmente, foi vítima de um acidente.

"Verificamos que ela constantemente fazia esse percurso aqui na zona rural onde morava e chegou num local cheio de pedras. Ela fazia busca por animas, como ovelhas, e nesse dia foi encontrada por familiares já sem vida. Certamente ela caiu e bateu a cabeça em alguma dessas pedras”, detalhou. A Delegacia Regional de Arapiraca investiga o caso.

Maria Iolanda foi encontrada morta com ferimentos na cabeça e ouvido. Foto: Arquivo pessoal 

De acordo com o delegado, embora aparentemente esclarecido, o inquerido ainda não foi finalizado. “A polícia está concluindo o trabalho e vai aguardar os laudos das perícias e IML (Instituto Médico Legal)”, acrescentou.

Testemunhas do caso foram ouvidas nessas terça (12) e quarta-feira (13).  A tese de acidente já tinha sido levantada por familiares da criança. Maria Iolanda, segundo depoimentos de familiares à polícia, sofria de epilepsia.

Assista o vídeo: