Alagoas

Vídeo: reeducandos passam mal por conta de superlotação em cela do Cyridião Durval

Eberth Lins | 14/09/20 - 10h28 - Atualizado em 14/09/20 - 10h58

Cinco presos do Presídio Masculino Cyridião Durval e Silva, no Cidade Universitária, passaram mal, segundo denúncia, por conta da superlotação das celas que impede a circulação de ar. O caso ocorreu no sábado (12) e foi registrado em vídeo encaminhado à imprensa.

O Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindarspen) cofirmou a superlotação, e afirma que não é um fato isolado. "As vezes acontece em menor número, depende muito da lotação da cela", disse.

No vídeo, os reeducandos aparecem deitados no chão após terem sido retirados da cela para receber atendimento pela equipe de enfermagem "Celas abarrotadas de presos e tivemos que tirar cinco para atendimento por falta de oxigênio nas celas", relata a pessoa que gravou o vídeo. Assista: 

Seris vai abrir processo adminstrativo 

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), órgão que administra o Sistema Prisional. O órgão informou que os presos serão reavaliados por uma equipe médica nesta segunda-feira (14) e que vai abrir um procedimento administrativo para apurar o caso. Confira a nota na íntegra:

A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) esclarece que os cinco reeducandos que se encontravam reclusos no Presídio Masculino Cyridião Durval e Silva e apresentaram mal-estar no último sábado (12) foram prontamente atendidos por equipe da Gerência de Saúde da Seris, sendo transferidos, por precaução, ao hospital de campanha do sistema prisional alagoano. Eles já não apresentavam nenhuma queixa no mesmo dia do atendimento. Contudo, todos seguem sob observação e irão passar por uma nova avaliação médica nesta segunda-feira (14). Um processo administrativo será aberto para se apurar as circunstâncias do episódio.