Maceió

Vigilância Sanitária apreende mais uma tonelada de alimentos fora da validade, no Jacintinho

Secom Maceió | 20/09/21 - 11h51 - Atualizado em 20/09/21 - 12h33
Vigilância Sanitária | Foto: Visa Maceió

A Vigilância Sanitária de Maceió retirou de circulação, neste final de semana, mais 1.050 quilos de alimentos fora do prazo de validade e impróprios para consumo humano. As inspeções ocorreram em supermercados, empresas de laticínios e comércios ambulantes do Jacintinho. Na região, foram apreendidos alimentos como mortadela, calabresa, salsicha, queijo e presunto sem as condições adequadas para consumo da população.

Os estabelecimentos foram notificados e receberam uma multa, que variou de R$ 180,00 a R$ 19 mil. O valor é estabelecido conforme a gravidade das infrações cometidas por cada negócio. O coordenador da Vigilância Sanitária, Airton Santos, disse que o órgão tem trabalhado diariamente para detectar o máximo possível de situações que ofereçam risco sanitário à população de Maceió.

“Nossa missão é rastrear esses negócios que estão atuando em discordância com as normas estabelecidas pela Vigilância Sanitária para preservar a saúde da população de Maceió. Além disso, sempre estamos oferecendo capacitações educativas e orientações aos comerciantes sobre boas práticas sanitárias”, destacou Airton.

Disque Denúncia

Para contribuir com as fiscalizações, a Vigilância Sanitária também conta com um Disque denúncia, que funciona no 3312-5495. Pelo telefone, maceioenses podem solicitar inspeção de estabelecimentos irregulares no município.