Maceió

Vigilância Sanitária capacita vendedores de tapioca sobre boas práticas com alimentos

Secom Maceió | 10/02/22 - 12h29
Secom Maceió

A Vigilância Sanitária mantém sua agenda de capacitações de negócios locais sobre produção, armazenamento e comercialização de produtos alimentícios. Na última quarta-feira (9), o órgão qualificou 30 vendedores de tapioca da orla marítima de Maceió.

Dentre as orientações repassadas, foram abordadas instruções sobre a higienização do espaço físico, uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) e correto manuseio dos alimentos. Ao término, todos os comerciantes receberam certificado de participação.

O curso foi ministrado pelo coordenador geral da Vigilância, Airton Santos, e pela nutricionista Rita de Cássia. “Quem trabalha com alimentos precisa saber das normas estabelecidas pela Vigilância, zelando para que os produtos comercializados não ofereçam risco à saúde humana. Para isso, temos cumprido, desde fevereiro de 2021, um vasto calendário de capacitações direcionadas aos comerciantes de Maceió e, neste ano, pretendemos ampliar ainda mais esse trabalho”, disse Airton Santos.

Próximas ações

Nesta quinta-feira (11), a Vigilância Sanitária se reunirá com mais 40 vendedores de tapioca da orla marítima para desenvolver o mesmo trabalho de qualificação sobre boas práticas. Já na sexta-feira (12), o órgão irá ofertar o curso a representantes de panificações da cidade.

Capacitações

O trabalho voltado à qualificação de comerciantes de Maceió teve início em fevereiro de 2021 e, desde então, mais de 4.500 pessoas já participaram dos treinamentos. São beneficiados diversos segmentos, incluindo comerciantes de pescados, supermercados, panificações, avícolas, hotéis, e permissionários que atuam nos mercados públicos de Maceió.

Selo "Pode Comprar Aqui"

Para estimular a adoção das boas práticas estabelecidas pela Vigilância de Maceió, foi criado o selo “Pode Comprar Aqui”, destinado aos estabelecimentos que estão aptos a funcionar por cumprirem todas as normas sanitárias. Até o momento, o órgão já distribuiu o adesivo de qualidade a quase mil negócios.