Maceió

Voluntários fazem arrecadação virtual para compra e distribuição de cestas básicas em Maceió

Ana Carla Vieira | 11/07/20 - 11h20 - Atualizado em 11/07/20 - 11h45

Em tempos de pandemia, muitas famílias se depararam com perda da renda e situações críticas. Pensando nessas pessoas, e com o objetivo de diminuir o sofrimento de quem vive em comunidas historicamente desassistidas, um grupo de voluntários se reuniu para lançar o projeto SOS Maceió. 

O objetivo do projeto é ajudar quem teve que parar as atividades e perdeu o sustento. Para isso, os voluntários lançaram uma vaquinha virtual para a compra de cestas básicas. 

"Nós já desenvolvemos um trabalho de doações e visitas a abrigos pelo Centro Espírita André Luiz. E percebemos que com a pandemia a logística ficou mais difícil. Muitos desses locais também tiveram um aumento grande na procura por refeições, chegando a oferecer 100 pratos por dia. Então, lançamos a vaquinha eletrônica com a meta de conseguirmos arrecadar dinheiro para a compra de 1.000 cestas básicas", explicou Paulo Ferro, um dos integrantes do projeto. 

A vaquinha foi lançada no dia 17 de junho e fica no ar até o dia 17 de julho. "Já conseguimos arrecadar pouco mais de 20% da nossa meta. Claro que queremos atingir a maior quantidade possível de pessoas, mas seja o que for que arrecademos, estaremos muito felizes", completou Paulo Ferro. 

O voluntário disse ainda que as doações serão entregues prioritariamente aos abrigos que eles visitam, o Santo Antônio de Pádua (abrigo do Frei José) e o abrigo Nossa senhora Mãe das Graças, ambos localizados no bairro Village Campestre, na parte alta da cidade. Mas a ideia do grupo é cadastrar outros abrigos da cidade para receber as doações e entregar as cestas básicas também para as comunidades do entorno desses locais.

Para doar, acesse o site sosmaceio.ceal-al.org.br ou vá direto ao link da doação: http://vaka.me/1083449.