Eleições

Votação em Maceió começa com falta de mesários e pouco fluxo de eleitores

TNH1 | 15/11/20 - 08h54 - Atualizado em 15/11/20 - 09h35
Itawi Albuquerque/TNH1

O juiz eleitoral George Omena acompanhou as primeiras horas de votação no Centro Educacional de Pesquisas Aplicadas (Cepa), em Maceió, e confirmou que houve ausência de mesários em alguma seções, porém devido ao pouco movimento, isso não causou transtornos durante a votação. A presença de novos voluntários está sendo providenciada.

"Houve falta de mesários em algumas seções, mas a gente está providenciando essa situação. A quantidade de eleitores, está tendo uma deficiência, creio eu que é pela informação que foi dada que até as 10h a prioridade era de idosos. Todos os colégios estão com fluxo baixo de pessoas", afirmou o juiz.

Juiz George Omena (Crédito: Itawi Albuquerque/TNH1)

Ainda segundo ele, o protocolo sanitário está sendo cumprido nas escolas e nos demais locais de votação. "Todos os protocolos estão sendo obedecidos, eleitor com máscara, com a distância de um metro, e todo equipamento", destacou.

O Cepa, maior colégio eleitoral do Estado, registra pouca movimentação desde as 7h, com a abertura das seções. Idosos estiveram presentes em maioria, devido à orientação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com a elaboração do Plano de Segurança Eleitoral, para minimizar a chance de aglomerações, já que as pessoas acima de 60 anos pertencem ao grupo de risco da Covid-19.