Prefeitura anuncia recuperação da Fernandes Lima, Durval de Góes e Via Expressa

16/04/2018 - 10:54 - Atualizado em 16/04/2018 - 10:56
Fernandes Lima vai passar por melhorias (Crédito: TNH1)

O prefeito Rui Palmeira anunciou, na manhã desta segunda-feira (16), que as avenidas Fernandes Lima, Durval de Góes Monteiro e Via Expressa serão recapeadas. Ao todo serão 64 km de asfalto recuperado.

As avenidas estão localizada em trechos urbanos das rodovias BR-104 e 316. Na 104, que compreende as Avenidas Fernandes Lima e Durval de Góes Monteiro, as obras vão da Praça do Centenário até a Ceasa. Na 316, vão do Barro Duro até próximo a Mafrial, na cidade de Satuba.

O serviço está em fase de licitação e deverá custar R$ 39 milhões, com recursos do governo federal. Apesar de serem trechos localizados dentro do Município, a manutenção é de responsabilidade da União.

“Para nós foi muito importante a mudança no escopo desse convênio, que no passado transferia toda a responsabilidade dessas vias, com a parte de fiscalização, multa e manutenção, para o Município. Custaria muito a Maceió”, explicou Rui.

Palmeira disse ainda que a obra já está em fase de licitação. Ela deve começar após o fim do inverno em Alagoas e será realizada nos momentos de menor tráfego, para minimizar os transtornos para o trânsito.

“A gente vai tentar fazer esse trabalho durante a noite, nos dias de menos movimento, já que o DNIT [Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes] tem expertise nesse sentido. É assim que temos feito na Avenida Álvaro Otacílio, na praia”, concluiu Palmeira.

De acordo com o ex-ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, o deputado Maurício Quintella, que viabilizou o convênio para a execução do serviço, além da recuperação dessas vias, as vias marginais dessas avenidas serão asfaltadas com o material que será retirado durante a etapa de fresagem.

“Uma das etapas dessa obra é a fresagem das avenidas, de onde devem se retirar 10 cm de asfalto degradado, tirando uma espécie de capa das duas BRs, a ser utilizado para asfaltar vias marginais”, disse.