Maceió

5ª vítima da covid-19 em Alagoas tinha 48 anos e trabalhava no Mercado da Produção

TNH1 | 15/04/20 - 18h19 - Atualizado em 15/04/20 - 20h14

Alagoas somou nessa quarta-feira, 15, mais uma morte por coronavírus. Outras 83 pessoas testaram positivo para covid-19.  

A 5ª vítima do coronavírus em Alagoas é um homem de 48 anos, que trabalhava no Mercado da Produção, uma área de grande frequência de pessoas, mesmo depois da pandemia da covid-19. 

A Secretaria de Estado da Saúde não identifica nomes de casos conformados ou óbitos, mas no boletim desta quarta-feira, deu detalhes do prontuário do 5º paciente morto por covid-19 no estado. 

O homem foi internado na última sexta-feira, 10, no Hospital Veredas, e na segunda-feira, 13 foi transferido para a UTI do Hospital da Mulher, sob ventilação mecânica. Como estava com uma síndrome respiratória aguda grave, o paciente evoluiu devido à falência múltipla de órgãos e parada cardiorrespiratória. 

Mercado da Produção:: os riscos das aglomerações

Apesar dos alertas das autoridades sanitárias, muitos alagoanos resistem ao isolamento, a forma mais eficaz, até o momento, de se proteger contra o coronavírus. 

Na última quinta-feira, 09, o Cidade Alerta Alagoas mostrou a movimentação no Mercado da Produção. Como é possível conferir nas imagens abaixo, centenas de pessoas se apertavam no local para as compras da Sexta-feira da Paixão. 

Atualmente, o maior mercado público da capital conta com 1400 permissionários, e mesmo que não esteja funcionando a todo vapor, tem registrado frequência intensa de pessoas. Assista


Isolamento social em Alagoas tende a baixar esta semana

A Agência Alagoas divulgou nesta quarta-feira, que o índice de isolamento social para combate ao coronavírus vem mantendo uma média de 52,47% em Alagoas.

O cálculo considera os índices diários apresentados entre os dias 31 de março e 15 de abril. Na semana passada, os dados de isolamento registravam índices acima dos 50%, com exceção da última quinta-feira (9), quando foi registrada uma taxa de 46,5%. 

Seguindo o movimento nacional de pico dos percentuais de afastamento com a chegada do final de semana, o estado teve uma melhora de 5,5% no domingo de Páscoa (12) em relação ao dia anterior, atingindo 55,6% de isolamento.

Já nesta semana, os dados indicam uma tendência de declínio em Alagoas, com percentual de 44,9% no índice de isolamento.

Médicos alertam que relaxar isolamento pode provocar aumento exponencial da covid-19

O presidente da Sociedade de Medicina de Alagoas, Fernando Gomes, e o oncologista Marcos Davi alertam que se a população negligenciar o isolamento social em Alagoas, o número de casos de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, vai crescer exponencialmente e provocar o colapso do sistema hospitalar. Para os médicos, o distanciamento permanece como a única e a mais eficaz estratégia para barrar o avanço da doença.

“Se houver relaxamento para menos de 70% da população, teremos colapso no sistema de saúde rapidamente, uma terrível calamidade pública”, alertou o médico Marcos Davi.

Leia matéria completa aqui.