Alagoas

AL: número de óbitos por Covid-19 é o menor das 17 semanas anteriores

João Victor Souza | 24/08/20 - 10h48 - Atualizado em 24/08/20 - 11h56
Os dados foram divulgados pelo secretário do estado de planejamento e gestão, Fabrício Marques | Reprodução

Em coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira, 24, o Governo de Alagoas anunciou que o número óbitos por Covid-19 registrados entre os dias 16 e 22 de agosto foi o menor em relação as últimas 17 semanas. Vinte pessoas morreram, sendo 19 delas no interior e uma em Maceió.

O Estado confirmou que todos os municípios do interior, que estavam na Fase Laranja, entram na Fase Amarela do Plano de Distanciamento Social Controlado para o combate da Covid-19. Já Maceió continua na Fase Azul.

O governador Renan Filho (MDB) destacou que o avanço no planejamento será de forma gradativa e os cuidados devem permanecer, mesmo com a redução dos casos. "Há uma involução no número de óbitos na capital e no interior, o que permite que a gente dê próximos passos gradativamente, com muita serenidade, mas pedindo a todos que continuem com os cuidados, com o distanciamento, lavando as mãos, e usar máscara quando sair de casa", disse.

"O pico já passou em todas as regiões do Estado. A gente precisa seguir mantendo as medidas de distanciamento social, obviamente. O governo vai seguir ampliando leito, organizando o funcionamento da saúde pública nos municípios para oferecer tratamento precoce ao cidadão e evitar o agravamento da doença. [...] Enquanto Maceió está caindo rapidamente [o número de mortes], o interior cai de forma lenta, mas seguindo o mesmo caminho da capital quando começou a cair", continuou.

O secretário de estado do planejamento e gestão, Fabrício Marques, destacou que o Estado já registra queda nos números de coronavírus há mais de 10 semanas. "Em Alagoas já tem queda há 12 semanas. Maceió fechou a semana com um óbito, é o menor número das últimas 20 semanas, e a capital está em queda contínua há 13 semanas. O pico foi 109 óbitos, quando tinhamos média de 16 mortes por dia, e hoje um óbito na semana", disse.

"Foram 19 óbitos na última semana no interior. Também é o menor número de óbitos das últimas 16 semanas", acrescentou o secretário.

Ainda segundo o Estado, a taxa de ocupação de leitos com respiradores está abaixo de 40%, enquanto a taxa de ocupação de leitos gerais apresentam quase 80% de vagas, tendo aproximadamente 20% de ocupação.