Alagoas

Alagoana indígena eleita Miss Brasil inclui etnia na carteira de identidade

Ascom Perícia Oficial | 07/12/21 - 08h32 - Atualizado em 07/12/21 - 08h46
Em Alagoas, integrantes de povos e comunidades tradicionais já podem solicitar a inserção do grupo étnico no novo modelo do RG | Foto: Divulgação

Após desembarcar em Alagoas com a faixa do título nacional de Miss Brasil 2021, a indígena Elâine Souza, participou da abertura da 43ª edição da Caravana do Meu RG na Mão em Pariconha. Além do nome do registro civil foi acrescentado a etnia indígena dela na segunda via da carteira de identidade.

Alagoana de Pariconha, a modelo e estudante de psicologia de 20 anos, é da etnia Katokinn e também afrodescendente. Agora, quando ela for representar o Brasil no concurso Miss Internacional, está informação oficial já constará na versão física e digital do RG dela, expedida pelo Instituto de Identificação da Perícia Oficial do Estado de Alagoas.

O superintendente do Instituto de Identificação, Anízio Amorim, explicou que a inclusão dessa informação foi um pedido realizado pelos grupos étnico-sociais dos povos tradicionais e originários de Alagoas. A partir de agora, poderá ser inserindo na Carteira de identidade as expressões quilombola ou Indígena a pedido do requerente no ato da solicitação do RG.

“Após reuniões com representantes de povos e comunidades tradicionais em Alagoas, percebemos a necessidade de acrescentar a etnia no RG deles. Pois, entendemos que a cidadania de qualquer pessoa começa pela carteira de identidade, ou seja, agora com essa medida, estaremos garantindo a essas pessoas, o respeito, o reconhecimento, e a identificação da etnia deles através do RG.” Explicou Anízio Amorim.

Segundo dados do Governo de Alagoas, atualmente o estado possui 70 comunidades quilombolas, e 11 comunidades indígenas, e espalhadas em várias regiões. A expectativa é que os integrantes dessas comunidades a medida que forem renovando sua carteira de identidade, acrescente também a etnia no documento

Durante todo este ano, onde está sendo celebrado o centenário do Instituto de Identificação, superintendência do órgão vem investindo na modernização e ampliação do órgão. Foram criados novos postos de atendimento e estão sendo realizadas várias caravanas como meu RG na Mão, Meu Primeiro RG e o RG dos Povos Tradicionais para garantir ao maior número de pessoas, o direito ao serviço de emissão da carteira de identidade em Alagoas.