Alagoas

Alagoana que foi atacada por morador de rua no CE já está em casa

Dayane Laet | 22/02/19 - 06h24 - Atualizado em 22/02/19 - 07h02
Rutiele sofre de epilepsia | Reprodução / Arquivo Pessoal

A jovem Rutiane Limeira da Silva, de 25 anos, que foi atacada por um morador de rua em Fortaleza (CE),  chegou à Feira Grande, no interior de Alagoas, no final da noite dessa quinta-feira (21). A informação foi confirmada pela irmã da vítima, Ivna Lira.

Segundo informações de Ivna, ela está bem, apesar dos pontos que recebeu no rosto por conta dos ferimentos. “Fisicamente ela está bem, agora é cuidar”, explicou a irmã.

Rutiane decidiu ir ao Ceará depois de conhecer um rapaz pelas redes sociais. Ao receber o dinheiro de um benefício que tem direito por ter epilepsia, ela comprou uma passagem de ônibus e deixou Maceió, sem avisar a família, há cerca de duas semanas.

Ao chegar em Fortaleza, a jovem teria sido rejeitada pelo pretendente e sem condições de voltar à Alagoas, ficou morando nas ruas. Em relato feito à Record TV em Fortaleza, ainda muito ferida, a vítima contou que foi atacada por estar dormindo na calçada que era território de um outro morador de rua.

Após o crime, uma pessoa entrou em contato com a família e pediu dinheiro para que ela pudesse ser mandada de volta. Quase 21 horas de viagem depois, Rutiane chegou e já está com a família.