Maceió

Alta em casos de servidores infectados leva órgãos municipais a alterar atendimento ao público

Redação TNH1 | 14/01/22 - 14h34 - Atualizado em 14/01/22 - 16h15
Foto: Secom Maceió

Nesta sexta-feira (14), a SMTT e as secretarias municipais de Educação e a de Assistência Social anunciaram mudanças nos atendimentos presenciais, em virtude do aumento dos casos de Covid-19 e de síndromes gripais.

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) comunicou que os trabalhos presenciais na sede do órgão estão suspensos até o dia 28 de janeiro. Aqueles que já haviam agendado atendimento terão suas datas readequadas para datas a partir de 29 de janeiro. Os atendimentos nas Centrais Já! do Parque Shopping e Maceió Shopping permanecem em funcionamento. Para o serviço, os cidadãos precisam realizar o agendamento em https://agendamento.seplag.al.gov.br/.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) decidiu pela suspensão por sete dias a partir de segunda-feira (17). E informou que a medida pode ser prorrogada por mais sete dias, a depender da evolução dos casos. O público deve entrar em contato por e-mail: atendimento@semed.maceio.al.gov.br.

Já a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) reduziu o horário de atendimento presencial e a partir de segunda-feira (17) funcionará das 8h às 13h: a sede da Secretaria, no Poço; os 16 Centros de Referência de Assistência Social (Creas); Centros de Referência Especializado para a População em Situação de Rua (Centro POP); sede do Cadastro Único (CadÚnico), na Serraria, e o Centro de Atendimento Socioassistencial (Casa), no Prado.
A Semas informou ainda que o atendimento no Restaurante Popular continua em horário normal, das 10h30 às 14h, com refeições no local e no sistema pegue e leve. O Serviço Especializado em Abordagem Social (Seas) também permanece normal, de segunda a sexta, das 8h às 14h, exceto feriados. Com plantões de segunda a segunda, das 17h às 22h, exceto feriados.

No início da semana, outras secretarias municipais, como a de Infraestrutura, de Iluminação e de Cultura também anunciaram a suspensão do atendimento presencial ao público em virtude dos casos de Covid-19 e síndromes gripais.