Maceió

Após falha em imunização de idosa, Prefeitura de Maceió vai mudar protocolo de vacinação

Redação TNH1 | 28/01/21 - 17h06 - Atualizado em 28/01/21 - 19h09

Após uma falha de uma profissional de saúde na hora de aplicar a vacina contra a Covid-19 em uma idosa de 97 anos, nesta quinta-feira, 28, a Prefeitura de Maceió anunciou que vai mudar o protocolo de vacinação na capital. Agora, o profissional de saúde terá que mostrar a seringa cheia antes da aplicação e vazia após o procedimento de imunização. Além disso, a Prefeitura promete ampliar a fiscalização nos pontos de vacinação.

A mudança de protocolo ocorreu após a servidora da Secretaria Municipal de Sáude (SMS) ser filmada no momento em que vacinava a idosa de 97 anos, em um shopping da parte alta da cidade. O que chamou a atenção foi que, durante a aplicação, o líquido permaneceu dentro da seringa e não foi introduzido no braço da idosa. Veja no vídeo abaixo, que viralizou nas redes sociais e aplicativos de mensagem:  

Por meio de nota, a Prefeitura de Maceió informou que determinou o afastamento da profissional envolvida, abertura de processo administrativo para investigação do caso e o acionamento do Ministério Público Estadual para uma apuração transparente do ocorrido. Leia a nota na íntegra:

A Prefeitura de Maceió tomou ciência com indignação sobre o caso da servidora da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) que, ao aplicar uma vacina em uma idosa, não injetou o imunizante. Trata-se de um caso isolado. Assim que foi notificado, uma equipe da saúde realizou imediatamente a vacina na idosa. Informamos ainda que foi determinado o afastamento da profissional envolvida, abertura de processo administrativo para investigação do caso e o acionamento do Ministério Público Estadual para uma apuração transparente do ocorrido. A prefeitura vai ampliar a fiscalização e vai mudar o protocolo de vacinação. O profissional de saúde terá que mostrar a seringa cheia antes da aplicação e vazia após o procedimento. Juntos, vamos vencer a covid-19.

O secretário de estado da Saúde, Alexandre Ayres, usou sua conta no Twitter para informar que solicitou providências à Secretaria Municipal de Saúde da capital. "Sobre o ocorrido no início da vacinação de idosos em Maceió, solicitei providências a Secretaria Municipal de Saúde da capital. Na certeza de que estamos no caminho certo, vamos continuar apoiando os municípios alagoanos que são os responsáveis pelo ato de vacinação dos idosos", escreveu.