Alagoas

Arsal suspende van de transporte complementar após vídeo registrar superlotação

Redação TNH1 | 27/08/20 - 16h23 - Atualizado em 27/08/20 - 16h30
Reprodução / Maceió Ordinário

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal) reteve um veículo de transporte complementar e suspendeu o motorista e o cobrador por cinco dias, nessa quarta-feira (26), após um vídeo registrar a superlotação de uma van que fazia a linha Atalaia/Maceió. 

A página de humor 'Maceió Ordinário' fez a publicação ainda na quarta-feira (26). Veja no vídeo abaixo. 

A Arsal emitiu nota posteriormente para afirmar que não compactua com irregularidades e informar que identificou e suspendeu os responsáveis pelo veículo. Leia na nota abaixo. 

"A Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal) não compactua com irregularidades dessa natureza, ainda mais neste momento de pandemia da covid-19. Sendo assim, informamos à sociedade alagoana e principalmente aos usuários da linha Atalaia/Maceió que no início da manhã desta quarta-feira, 26 de agosto, o veículo foi identificado, retido e suspenso por cinco dias de suas atividades, bem como o motorista e cobrador do veículo".

Com base no Código Brasileiro de Trânsito e de acordo com o decreto estadual que estabelece no Protocolo Sanitário no Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros de Alagoas, durante a situação de emergência de saúde pública ocasionada pela pandemia, a Arsal adotou todas as medidas administrativas cabíveis para punir a grave infração.

Ressaltamos que a Agência atua pela qualidade e segurança na mobilidade urbana, repudiando todo e qualquer ato que possa comprometer a integridade dos usuários.

E reitera que em casos de irregularidades como essa, denuncie ligando para a Ouvidoria no número 0800 284-0429, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou envie mensagem para o WhatsApp (82) 98833-9430 disponível 24 horas por dia".

Transporte complementar

Suspenso desde o início da pandemia em março, o transporte complementar teve o retorno autorizado pelo Governo do Estado há exatamente um mês, quando o governador Renan Filho anunciou que todos os municípios do interior de Alagoas passariam para a fase laranja naquela ocasião. O governo autorizou a volta de 50% da frota em dias alternados e com o transporte da capacidade de 100% dos passageiros sentados nos veículos.