Polícia

Assaltante se entrega após invadir residência e fazer mulher de refém em Macapá

Caso acontece no bairro Muca, na Zona Sul. Criminoso se escondeu no local após troca tiros com um militar, onde um pedestre foi baleado.

G1 | 30/06/20 - 12h33 - Atualizado em 30/06/20 - 13h33
Foto: Victort Vidigal / G1

Um assalto mal sucedido no bairro Muca, na Zona Sul de Macapá, resultou na invasão de uma casa onde uma moradora, de 58 anos, que se recupera da Covid-19, foi feita refém por um indivíduo armado. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) negociou a rendição do suspeito.

O Balanço Geral Amapá acompanhou, ao vivo, mostrando toda a situação. Veja:

De acordo com informações da corporação, 2 assaltantes de moto tentaram roubar um carro quando um policial próximo começou a trocar tiros com a dupla e os dois fugiram. Nesse momento, um dos criminosos entrou na residência e o outro escapou na moto.

No momento da invasão, por volta de 10h45, estavam 4 pessoas dentro da casa, mas 3 foram liberadas pelo suspeito. A casa fica na Avenida Raimundo Ferreira da Silva esquina com a Rua Remo Amoras.

Durante o tiroteio em via pública, um homem de 62 anos que passava pela rua foi baleado e levado para o Hospital de Emergência (HE), mas está em situação estável.

Fora da casa e na expectativa da negociação, o filho da mulher falou com a imprensa. Ele relatou que no momento da invasão estavam o pai, irmão, a mãe e o cunhado dentro da casa.

O criminoso estaria calmo, segundo o filho, e pediu que dessem fuga para ele em direção ao bairro Congós, mas não deu tempo porque a polícia chegou antes. Após isso, liberou os três e ficou só com a mulher na residência.