Geral

Atlético de Medellín pede que Chapecoense seja declarado campeão da Copa Sulamericana

Clube clombiano e Confederação Sul-Americana de Futebol emitiram notas onde declaram apoio e prestam solidariedade ao clube brasileiro.

29/11/16 - 09h20 - Atualizado em 29/11/16 - 11h24
Reprodução Facebook

O Atlético Nacional de Medellín, clube que disputaria a final da Copa Sulamericana contra o Chapecoense, abriu mão do título e solicitou que o clube brasileiro seja declarado o campeão da edição deste ano. Tanto a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) quanto o Atlético Nacional de Medelín emitiram nota onde lamentam o ocorrido.

Na nota, o Atlético de Medellín destaca a fala do presidente do clube, Juan Carlos de La Cuesta, onde ele declara apoio e solidariedade ao clube brasileiro; confira:

“Atletico Nacional lamenta profundamente e se solidariza com a família e amigos Chapecoenses pelo acidente no leste Antioquenho [região onde fica Medellín]. 

A equipe brasileira que estava indo para o aeroporto José Maria Cordova, foi dada como desaparecida e agora se confirma o acidente, onde os feridos estão sendo transferidos para centros médicos locais. 

‘Nós esperamos que a tragédia não seja maior e estamos aguardando informações oficiais das autoridades. Do ponto de vista institucional apoiamos e estamos solidários com o clube Chapecoense’, diz o presidente nacionalista Juan Carlos de la Cuesta.

Já na nota da Conmebol, a confederação afirma estar em contato com as autoridades locais e espera avanços oficiais. O presidente da confederação, Alejandro Domingues, está a caminho de Medellín para acompanhar as investigações; confira a nota;

“A Confederação Sul-Americana de Futebol confirma que foi notificada por autoridades colombianas de que o avião no qual viajava a delegação da Chapecoense do Brasil sofreu um acidente em sua chegada à Colômbia. Estamos em contato com as autoridades e à espera de avanços oficiais. 

A família CONMEBOL lamenta enormemente o ocorrido. 

Todas as atividades da Confederação foram suspensas até novo aviso. 

O Presidente Alejandro Domínguez neste momento está trasladando a Medellín.”