Nordeste

Bebê que usou embalagem de bolo em hospital deixa UTI

Folhapress | 13/06/24 - 16h14
O bebê de três meses que usou uma embalagem de bolo como máscara de oxigênio deixou a UTI do Hospital Varela Santiago, em Natal | Reprodução

O bebê de três meses que usou uma embalagem de bolo como máscara de oxigênio deixou a UTI do Hospital Varela Santiago, em Natal (RN), nesta quinta-feira (13).

A médica Silvana Braga, coordenadora técnica do hospital, disse que o bebê apresenta "melhora progressiva". "Ainda fazendo uso de suplementação de oxigênio em cateter nasal, mas já recebeu alta da nossa UTI pediátrica".

O bebê foi encaminhado para uma das enfermarias do Hospital Varela Santiago. "Onde continuará recebendo todo o cuidado", acrescentou a médica.

MÁSCARA IMPROVISADA - O Hospital Municipal Aluízio Bezerra, onde a criança estava antes de ser transferida ao Valera Santiago, improvisou a embalagem de bolo para auxiliar na respiração da criança.

O bebê foi hospitalizado com problemas respiratórios graves. Ele deu entrada na unidade de saúde no sábado (8). Os pais reportaram que a criança estava com "desconforto respiratório" e apresentava sintomas de congestão nasal, febre, rinorreia (corrimento excessivo do muco nasal), vômitos e diarreia. As informações são da Prefeitura de Santa Cruz.

Equipe médica responsável pelo atendimento da criança deu diagnóstico de bronquiolite. Como o hospital municipal não é referência em UTI pediátrica, o município solicitou a transferência do bebê para uma unidade de saúde equipada para atendê-lo. Entretanto, o bebê piorou durante a espera e foi necessário fazer a máscara de oxigênio improvisada para garantir a segurança da criança.

O UOL voltou a tentar contato com a Prefeitura de Santa Cruz sobre a falta de máscara de oxigênio no hospital municipal. Se houver resposta, o texto será atualizado.