Brasil

Bebê sobrevive após ser arremessado de ponte com 30 metros de altura em São Luiz

19/03/18 - 10h45 - Atualizado em 19/03/18 - 10h48
Reprodução / WhatsApp

“Um milagre”. Assim o médico que atendeu um bebê com cerca de 7 meses descreveu suas condições físicas após ter sido arremessado pela própria mãe da ponte José Sarney, em São Luís do Maranhão, nesse domingo (18). Apesar da queda de aproximadamente 30 metros, a criança teve apenas ferimento nas costas e passa bem. A mãe da criança foi presa horas depois.

Segundo a direção do hospital  para onde a criança foi levada por agentes do Samu, a criança passou por uma bateria de exames que não apontaram fraturas. Na hora da queda, o rio estava seco o que fez com que o bebê caísse

“Naquela hora, Deus colocou a mão sobre aquela criança e a salvou. E como havia pessoas que viram a cena e logo procuraram ajuda,  evitou-se que a maré enchesse e a levasse", contou o diretor do hospital, Rafael Coringa, em entrevista a um canal de TV local.

Ainda segundo Coringa, o bebê está em observação sob cuidados do serviço social da unidade, mas a liberação dele só vai ocorrer com uma ordem judicial que indique com quem deve ficar. O Conselho Tutelar da região acompanha o caso.

A mãe da criança, Karla Regina Mendes Pereira, 23, foi presa em flagrante. Ela deve responder pelo crime de tentativa de homicídio. Em depoimento, segundo a polícia, ela alegou que tem problemas mentais.