Futebol

Cabo avalia novo reforço e define CSA para confronto com o Goiás

Paulo Victor Malta | 08/08/18 - 16h08 - Atualizado em 08/08/18 - 16h33
Marcelo Cabo comandou treino no CT do Mutange | Eduardo Vieira / Rcortez / Ascom CSA

O técnico Marcelo Cabo comandou o último treino do CSA em Maceió, antes de embarcar para Goiânia, onde o Azulão enfrenta o Goiás nesta sexta-feira (10). O treinador concedeu entrevista coletiva no CT do Mutange, confirmou o time que vai duelar com o Esmeraldino e avaliou a contratação do atacante Rubens, anunciado ontem pela diretoria. 

"A gente perdeu o Lucas Frigeri para esse jogo. Ele está com uma pequena lesão na coxa e vai ser preservado para esse jogo, porque precisamos recuperá-lo. De antemão já vou promover a estreia do Felipe. O Felipe inicia o jogo. O Leandro Souza está com um corte no pé, decorrente do jogo. Já caminhou e correu hoje, provavelmente não será problema, mas será reavaliado em Goiânia. Mas a princípio não é problema, segundo os médicos. A equipe é a mesma. A única mudança é no gol", adiantou. 

Sendo assim, o CSA vai a campo com Felipe Garcia; Celsinho, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Yuri, Juan, Didira, Daniel Costa e Taiberson; Alemão. Cabo relacionou 19 jogadores para o confronto fora de casa e a principal novidade é a presença de Jhon Cley. 

"O Jhon Cley está relacionado, ele viaja. Respondeu bem aos treinamentos na semana. Sobre o Neto Berola, ainda não chegou a liberação dele do México. Mas mesmo que chegasse, o Berola ainda requer um pouco mais de tempo na resposta dos treinamentos. O Jhon treinou muito bem, correspondeu bem. A gente vai inserir ele para que tenha uma progressão dentro do grupo. Uma parte do jogo, se ele precisar, já aguenta", afirmou. 

Vice-líder da Série B, o Azulão tem 34 pontos e encara o Goiás na sexta, às 19h15, no Estádio Olímpico Pedro Ludovico, pela 20ª rodada da Segundona. O Portal TNH1, a TV Pajuçara e a Rádio Pajuçara FM Maceió - 103,7 acompanham a partida. 

Veja outros trechos da entrevista. 

Rubens

"Conheço muito bem o Rubens desde a base do América-MG. Tive oportunidade de enfrentá-lo algumas vezes quando trabalhei no Campeonato Mineiro, em alguns amistosos quando eu estava no Rio de Janeiro. É um jogador que ano passado foi campeão brasileiro pelo América-MG na Série B, era o suplente do Bill. Jogador de 24 anos, 1,94m de altura. Foi escolhido em uma seleção de atacantes, a gente precisava de um atacante de característica diferente do que temos". 

"A gente não tem atacante dessa característica, alto, homem de área. Quando a gente desenha o jogo para poder encurralar o adversário e propõe alguns cruzamentos na área, precisava de um cara desse, de último toque, de referência. Ele tem uma boa primeira bola, ele faz um bom pivô. É uma característica completamente diferente do Alemão". 

"O Alemão é um atacante que tem o conjunto da obra. O Alemão sai da área, tem velocidade, técnica muito apurada, bom cabeceio, um bom pivô, mas não é um 9 de área, de último toque na bola. Vou dar um exemplo. O gol que o Hugo fez, provavelmente se a gente tem o Rubens, esse gol poderia ser do Rubens. Uma hora que estávamos amassando bem o Juventude. Nosso gol foram três cruzamentos na área". 

"O Rubens foi escolhido por isso. É um jogador que conheço bem. Fez uma boa Série C pelo Tombense. É um bom menino, de extracampo muito bom. Jogador que foi escolhido pela característica dele, que a gente não tem no elenco. Para a gente mudar uma característica de jogo. Ele não é só um jogador de área caneludo, o Rubens tem o refino técnico, boa técnica e até para altura dele, uma boa velocidade. Escolhemos dentro do nosso banco de dados, com muito critério, para ter essa opção também dentro dessa reta final do segundo turno". 

Goiás

"Vamos pegar um Goiás muito mais forte do que pegamos no primeiro turno. No primeiro turno vinha de um título, era o primeiro jogo fora de casa, fizemos muito prevalecer o mando de campo. O Goiás hoje tem uma nova postura com o Ney Franco, é um time que está crescendo dentro da competição. Treinador muito experiente, equipe muito forte por si só. Jogando em Goiânia se torna muito mais forte. Sabemos que precisamos ter uma equipe muito competitiva para poder alcançar os objetivos nesse jogo". 

Neto Berola

"Pelo que o Chiquinho [supervisor] e o Marcelo de Jesus têm me passado, acho que é uma questão de troca de documentos. Acredito que contra o São Bento vamos ter o Neto à disposição. É o nosso planejamento promover a estreia dele contra o São Bento, provavelmente relacionar o Neto contra o São Bento. Aí progressivamente ele vai ganhando ritmo de jogo necessário".

Veja a lista de relacionados


Goleiros: Felipe e Mota;
Zagueiros: Leandro Souza, Xandão e Roger; 
Laterais: Celsinho, Rafinha, Velicka e Wellington Silva; 
Volantes: Yuri, Dawhan, Jhon Cley e Juan; 
Meias: Daniel Costa, Echeverria e Didira; 
Atacantes: Hugo Cabral, Taiberson e Alemão.