Alagoas

Cão que teve olhos arrancados recebe tratamento e já tem fila para adoção

Ana Carla Vieira | 06/11/20 - 19h01 - Atualizado em 06/11/20 - 19h06
Reprodução/Redes Sociais

O cachorro que teve os dois olhos arrancados e foi abandonado em um bairro da cidade de Major Izidoro, no interior de Alagoas, já está recebendo tratamento de um médico veterinário de Palmeira dos Índios, que se voluntariou para o caso. As informações são da presidente da Comissão de Bem-Estar Animal da Ordem dos Advogados do Brasil de Alagoas (OAB/AL), Rosana Jambo. 

O cão teria sido deixado no Loteamento Terra do Leite, em Major Izidoro, quando uma mulher pegou para cuidar. Mas ele estava sentindo dor e precisava de tratamento especializado. Foi quando começou-se o apelo para encontrar veterinários voluntários que atendessem e tratassem o animal.

Após a repercussão do caso, alguns advogados que moram perto de Major Izidoro se prontificaram para levar o cãozinho para receber os primeiros socorros e o tratamento devido. "Eles já levaram o animal para a clínica desse veterinário, o doutor Renato, em Palmeira dos Índios", relatou Rosana Jambo. 

Ainda segundo ela, outras pessoas já se colocaram à disposição para adotar o cachorro. "Conseguimos alguns futuros adotantes porque o que importa, depois disso tudo, é que depois de curado ele vá para um lar cheio de amor, coisa que ele não teve", contou a presidente da Comissão.

Caso é investigado

A delegacia de Major Izidoro já instaurou um inquérito para apurar o caso e trabalha para identificar o responsável pela agressão. De acordo com Rosana Jambo, o  Ministério Público Estadual também foi comunicado do fato, através de representantes da OAB.