Nordeste

Caruaru e Campina Grande cancelam festas de São João pelo 2ª ano seguido

Folhapress | 08/06/21 - 16h04
Jorge Farias / Prefeitura de Caruaru

As duas mais tradicionais festas de São João do Brasil, que arrastam 5 milhões de pessoas em Caruaru (PE) e Campina Grande (PB) durante todo o mês de junho, não vão ocorrer pelo segundo ano seguido. Por causa da pandemia de Covid-19, os eventos acontecem apenas no formato virtual.

Em Caruaru, a festa, que costumava contar com uma média de 800 apresentações, injetava na economia local aproximadamente R$ 200 milhões. Em Campina Grande, eram R$ 175 milhões.

Com o cancelamento da festa, a prefeitura criou um benefício emergencial municipal para contemplar os artistas que participaram das festividades juninas do município em 2019. O pagamento será feito em parcela única. Os valores variam de R$ 1.000 a R$ 3.000.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), também anunciou a destinação de R$ 3,2 milhões para mais de 400 artistas e grupos que foram contratados pelo poder público em 2018 e 2019. "O auxílio será pago em parcela única, e varia de R$ 3.000 a R$ 15 mil. O edital será lançado após a aprovação da proposta pela Alepe", disse.

"Recebemos milhões de pessoas durante o ciclo junino, que movimenta bastante o nosso polo de confecções. E tudo isso é suprimido da vida e da economia da nossa cidade", disse a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB).

Ela afirma que o movimento na cidade durante o ciclo junino é semelhante ao do Natal. "Temos uma cidade que respira cultura e cujos artistas não têm do que viver. Utilizavam o período junino para conseguir sustento da sua família por até seis meses", declara.

No São João de 2019, último realizado de maneira presencial, 12 mil empregos diretos e indiretos foram gerados.

Em Campina Grande, o maior São João do mundo, como é conhecido, chegou a ser adiado para o mês de outubro e novembro em 2020, mas, com o avanço dos casos de Covid-19, a festa acabou cancelada.

Uma grande estrutura para realização de lives vai ser montada novamente neste ano no Parque do Povo, no centro da cidade. As transmissões, que contam com artistas locais e nacionais, começarão no dia 12 de junho e vão até o dia 29. No dia 23, véspera de São João, a cantora Elba Ramalho fará sua apresentação.

Todo o agreste pernambucano enfrenta alta nos casos da Covid-19. Em Caruaru, por exemplo, não há vagas disponíveis de UTI para pacientes infectados. Até o dia 6 de junho, medidas restritivas mais rígidas estavam em vigor na cidade.

Na Bahia, as festividades também foram canceladas. No dia 17 de maio, o anúncio foi feito pelo governador Rui Costa (PT).

"Não permitiremos a realização de festas de São João em nenhuma cidade, nenhuma região da Bahia. Temos que ter responsabilidade neste momento. Fazer festa agora é desrespeitar a vida humana", afirmou o governador baiano em uma rede social.

Além de emitir um decreto proibindo a realização de festas públicas e privadas no período, o governo da Bahia também vai suspender o transporte intermunicipal de passageiros durante as datas festivas.