Nordeste

Ceará: polícia prende gerentes de banco suspeitos de desviar mais de R$ 59 milhões

Com SSPDS/CE | 30/08/19 - 12h06 - Atualizado em 30/08/19 - 12h24
SSPDS/CE

Uma ação da Polícia Civil do Estado do Ceará resultou nas prisões de dois gerentes de bancos em General Sampaio e Tejuçuoca, interior do Estado. A dupla é suspeita de participar de um esquema que tentou desviar mais de R$ 59 milhões.

Em desfavor dos gerentes foram cumpridos, na tarde de quinta-feira (29), mandados de prisão temporária expedidos pelo Poder Judiciário de Pentecoste. Os celulares deles foram apreendidos. Conforme o delegado Víctor Piona, titular da delegacia municipal de Pentecoste, as investigações apontaram que um dos gerentes forjou um crime de extorsão, com o intuito de que um funcionário realizasse saques e transferências para contas determinadas pelos criminosos. Porém, o plano foi descoberto e a dupla acabou presa.

Investigação

A ação foi descoberta após a troca de informações da polícia com o setor de inteligência da instituição bancária que, ao perceber a movimentação suspeita, bloqueou a maior parte dos valores desviados. O plano criminoso começou a ser desarticulado na sexta-feira passada (23), quando a Polícia Civil prendeu, no município de General Sampaio, Jefferson Alves Ferreira (47), natural de Minas Gerais.

O homem teria ido ao Ceará com o intuito de participar da ação fraudulenta, porém foi capturado. Com a descoberta do crime, a polícia do Ceará repassou informações para a Polícia Civil de São Paulo que capturou, na cidade de Ribeirão Preto, outras três pessoas que participavam do crime.