Futebol

Classificação histórica do Murici na Copa do Brasil tem apenas 26 pagantes

10/02/17 - 17h44 - Atualizado em 10/02/17 - 17h51
Jailson Colácio / Ascom Murici

A vitória do Murici por 3 a 1 diante do Juventude, na última quarta-feira (8), no Estádio José Gomes da Costa, pela primeira fase da Copa do Brasil, garantiu a classificação histórica do time alagoano na competição. A Confederação Brasileira de Futebol divulgou o boletim financeiro da partida e os números chamam a atenção. 


(Foto: Reprodução / CBF)

De acordo com o documento, apenas 26 ingressos foram vendidos dos 600 colocados à disposição, o que gerou uma renda bruta de R$ 520,00. O público total, no entanto, foi de 312 torcedores. O borderô registrou público não pagante de 111, 78 crianças e 97 mulheres. A pouca arrecadação resultou em déficit de R$ 10.399,36.  

Apesar do prejuízo com a renda, o Murici faturou muito por obter a classificação dentro de campo. O Alviverde vai receber R$ 315 mil por avançar para a segunda fase da Copa do Brasil. O time alagoano vai enfrentar o América-MG na próxima fase.