Geral

Comando-Geral da PM/AL vai apurar denúncias de suposto abuso de autoridade de coronel

26/11/17 - 15h07 - Atualizado em 26/11/17 - 16h39
Agência Alagoas

O comandante-geral da Polícia Militar de Alagoas, coronel Marcos Sampaio, informou através de nota que vai apurar as denúncias envolvendo uma abordagem no Litoral Sul de alagoas, onde um dos coronéis que pertence à corporação teria supostamente abusado de autoridade.

O caso gerou grande repercussão nas redes sociais depois que três militares foram presos após uma abordagem a um veículo de um coronel da mesma corporação, na última quarta-feira, 22, no Trevo do Gunga.

A ação foi questionada por entidades que lançaram neste domingo, 26, uma nota de repúdio.

Marcos Sampaio reiterou que “não compactua com desvio de conduta ou abuso de autoridade, seja quem for os envolvidos, e afirma que todos os fatos serão averiguados por meio de procedimento administrativo”.

Veja a nota na íntegra:

O comandante-geral da Polícia Militar de Alagoas, coronel Marcos Sampaio, vem a público informar que vai apurar, com rigor, todas as denúncias referentes a abordagem realizada por uma guarnição do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRp), durante a última quinta-feira (23), na Barra de São Miguel, na qual, envolveu um coronel da Corporação.

Marcos Sampaio não compactua com desvio de conduta ou abuso de autoridade, seja quem for os envolvidos, e afirma que todos os fatos serão averiguados por meio de procedimento administrativo.

Em relação às transferências dos policiais militares, o coronel ouvirá o chefe do Estado Maior Geral (EMG), que respondia pelo comando da Corporação, no momento em que o fato ocorreu.