Polícia

Comerciante escapa de tiro após celular ser atingido por bala durante assalto

TNH1 | 26/04/21 - 08h05 - Atualizado em 26/04/21 - 08h52

O dono do mercadinho invadido por criminosos no bairro do Clima Bom, na noite de sábado, usou o celular para se proteger de um tiro durante a tentativa de assalto. Em uma ação rápida, ele colocou o aparelho na frente da arma para deter a bala e saiu ileso do ataque.

Segundo informações da polícia, os assaltantes vestiram uniformes de gari para enganar o comerciante e anunciaram o crime já dentro do estabelecimento.

O proprietário reagiu e dois tiros foram disparados contra ele. Além da bala que, por sorte, parou no celular, o outro disparo atingiu a parede.

A vítima do assalto então pegou uma arma de fogo que estava guardada e atirou contra os bandidos. Um deles foi baleado e morreu no local, antes da chegada do socorro médico. Já o outro conseguiu fugir, porém, instantes depois, trocou tiros com policiais na rua e veio a óbito.

"O dono do estabelecimento apresentou a documentação da arma e prontamente foi liberado por agir em legítima defesa", destacou o delegado Fábio Costa, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Dois revólveres de calibre 38 usados pelos criminosos foram apreendidos pelos policiais.

Morte durante troca de tiros com a PM

O suspeito de 23 anos, que havia conseguido sair do mercadinho depois da tentativa frustrada de assalto, foi morto após atirar contra policiais militares que o abordaram.

Segundo a PM, o homem, com vestimentas de gari, foi flagrado no momento em que disparava contra o estabelecimento. Ele ainda atirou contra os agentes e fugiu. 

A equipe solicitou apoio e contou com ajuda de populares para encontrar o suspeito novamente. O homem teria pulado o muro de residências até parar em uma casa, que foi apontada pelos vizinhos.

Os policiais o abordaram e o homem mais uma vez atirou. Os militares reagiram e o balearam. Ele foi socorrido, mas morreu no hospital.