Trânsito

Condutor de Fusca que ficou destruído em acidente na Via Expressa morre no HGE

Colisão envolvendo Corolla aconteceu na noite desse domingo; Delegacia de Acidentes pode indiciar condutor por homicídio

18/04/16 - 08h45 - Atualizado em 18/04/16 - 09h03
Reprodução / TV Pajuçara

Morreu no Hospital Geral do Estado (HGE) o condutor de um Fusca que se envolveu em um grave acidente na Avenida Menino Marcelo, no Antares, em Maceió, na noite desse domingo (17). A informação foi confirmada pela unidade de saúde na manhã desta segunda-feira (18).

De acordo com informações do HGE, Expedito Gonzaga, de 72 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu minutos depois de dar entrada no hospital.

O caso será investigado pela Delegacia de Acidentes e poderá ser enquadrado como crime de homicídio culposo. "Há um semáforo no local. A investigação tentará descobrir quem estava na preferencial, caso seja constatado que era o Fusca, o motorista do outro veículo poderá ser indiciado", explicou o chefe de operações da delegacia, Volney Araújo.

Segundo informações de testemunhas, o condutor do Corolla prata pegou em cheio a lateral do Fusca quando ele saía de uma das ruas que dão acesso à Via Expressa. A violência do impacto foi tamanha, que os bancos do Fusca foram arremessados. O outro carro ficou com a frente destruída.  

Não se sabe o estado de saúde do condutor do Corolla.