Alagoas

Conheça o delegado alagoano convidado a integrar o Ministério da Justiça

Redação TNH1 | 10/05/19 - 15h40 - Atualizado em 10/05/19 - 16h12
Ascom PC/AL

O delegado alagoano Everton Gonçalves, titular da Delegacia de Homicídios de Arapiraca há três anos, recebeu um convite para integrar a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública do Governo Federal. A informação foi divulgada à imprensa nesta semana.

Em contato com o TNH1, o delegado afirmou que a solicitação chegou à Secretaria de Segurança Pública de Alagoas no último dia 24 e aguarda a decisão do Governo do Estado juntamente com os representantes da Polícia Civil de Alagoas para saber se vai poder trabalhar na pasta comandada pelo ex-juiz Sérgio Moro.

Natural de Arapiraca, Everton Gonçalves de Souza, de 33 anos, passou os primeiros 20 anos de vida na cidade do Agreste alimentando o sonho em se tornar delegado. O cargo que tanto almejou foi conseguido anos depois de terminar o curso de Direito. Após realizar concurso, em 2012, Everton foi aprovado e ficou apto a integrar o quadro de delegados da Polícia Civil alagoana.

Em 2014, o arapiraquense começou a exercer a profissão. No primeiro ano trabalhou na então Delegacia de Homicídios da Capital. Doze meses depois, atuou na Central de Flagrantes, também em Maceió.

A volta para a cidade natal aconteceu em 2016. Desde então, Everton é o delegado titular da Delegacia de Homicídios de Arapiraca e é responsável pelas investigações de crimes violentos letais e intencionais, chamados de CVLIs, no município.

A decisão agora está nas mãos do Estado. O governador Renan Filho (MDB) deve avaliar com o delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, e o secretário de Segurança Pública, Lima Junior, se Everton Gonçalves será autorizado a aceitar o convite.